Capacitação

Guarda Municipal de Pelotas recebe treinamento do 5º BPChoque

Qualificação profissional relacionada às patrulhas táticas especiais integra a semana de comemoração aos 30 anos da instituição de segurança na cidade

14 de Fevereiro de 2020 - 11h22 Corrigir A + A -
Na capacitação, os guardas foram orientados quanto à instrução de abordagem a veículos e pessoas.(Foto: Michel Corvello)

Na capacitação, os guardas foram orientados quanto à instrução de abordagem a veículos e pessoas.(Foto: Michel Corvello)

A Granja Municipal foi palco para a qualificação profissional de parte do efetivo da Guarda Municipal, instituição que completou 30 anos de atuação em Pelotas, nesta semana.  Na quinta-feira (13), 14 guardas municipais que integram o grupo operacional do órgão participaram de um treinamento feito pelo 5º Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), da Brigada Militar, inaugurado em outubro de 2019 e responsável pela vinda de mais 120 policiais militares à cidade e à região. 
As Patrulhas Táticas Especiais (Patres) foram parte do conhecimento repassado pelos policiais que, de acordo com o comandante do 1º Pelotão do BPChoque, sargento Dias, estão sempre à disposição para colaborar com outras corporações. “Trabalhamos apoiando um ao outro, visando à qualificação da segurança pública. Estes momentos também servem para a troca de conhecimento, onde também temos a oportunidade de aprender com os outros profissionais”, afirmou o sargento. 
Na capacitação, os guardas foram orientados quanto à instrução de abordagem a veículos e pessoas. A semana comemorativa termina nesta sexta, com uma homenagem aos integrantes da instituição, que será realizada no Pelotas Parque Tecnológico, às 10h30min.
Formação permanente  
O comandante da Guarda, Sandro Carvalho, que também acompanhou a qualificação, lembrou que a instituição realiza, anualmente, formações e cursos na área da segurança pública. O estágio profissional, elaborado pelo Departamento de Ensino da Secretaria Municipal de Segurança Pública (SSP), com carga horária de 80 horas, é repetido todos os anos, a fim de aprimorar a atuação do efetivo.
Na oportunidade, são revistos tanto os aspectos teóricos quanto práticos do ofício, como defesa pessoal, fundamentos jurídicos, direitos humanos e armamento e tiro, sendo este fator condicionante à manutenção do porte de arma para os guardas. Todo o curso está alinhado com a Matriz Curricular Nacional para a Formação das Guardas Municipais e com o Livro Azul, lançada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em 2019.
Novos guardas
Atualmente, a Guarda Municipal de Pelotas é formada por 170 profissionais, sendo 24 mulheres e 146 homens. Desde o ano passado, uma nova turma de guardas municipais passa pelo curso de formação, sob responsabilidade da Academia de Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Acadepol). O período de instrução corresponde a três meses – 600 horas/aula – e prevê 35 disciplinas teóricas e práticas, no conteúdo programático.
Desde então, os 28 alunos frequentam aulas ministradas por instrutores da Academia e personalidades ligadas à área da segurança, que compartilham experiências e conhecimentos relacionados a técnicas operacionais policiais, legislação, noções de inteligência, prevenção de conflitos, defesa pessoal, ética, cidadania, armamento e tiro, direção defensiva, gerenciamento integrado de crises, entre outras temáticas.

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados