Ação

Delegacia de homicídios cumpre 15 ordens judiciais na Zona Sul

Os mandados de busca e apreensão são para elucidar a morte de Geison Mendes da Silveira, ocorrida em julho

07 de Agosto de 2020 - 12h20 Corrigir A + A -
Foram apreendidos telefones celulares, arma de fogo raspada, entre outros objetos vinculados à investigação policial. (Foto: Divulgação - Polícia Civil)

Foram apreendidos telefones celulares, arma de fogo raspada, entre outros objetos vinculados à investigação policial. (Foto: Divulgação - Polícia Civil)

A equipe da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) realizou na manhã desta sexta-feira (7) 15 mandados de busca e apreensão em Pelotas e Santa Vitória do Palmar. A ação faz parte da investigação do homicídio de Geison Mendes da Silveira, ocorrido no dia 7 de julho. Na ocasião, os autores invadiram a residência da vítima, na rua Vinte e Cinco, loteamento Pestano, bairro Três Vendas, por volta das 7h30min, e efetuaram disparos de arma de fogo contra ele. Os pais da vítima também foram atingidos por alguns dos disparos. Silveira foi anteriormente vinculado a uma organização criminosa e estava em prisão domiciliar.

A investigação policial apontou prováveis envolvidos no crime, sendo representados por 15 medidas cautelares para a coleta de provas, que restaram deferidos. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Pestano e Getúlio Vargas, e em Santa Vitória do Palmar, onde, segundo o titular da DHPP, delegado Félix Rafanhim, estaria um dos suspeitos. Foram apreendidos telefones celulares, arma de fogo raspada, entre outros objetos vinculados à investigação policial.

Até sexta-feira, Pelotas tinha 18 homicídios registrados desde o início do ano. De acordo com o delegado Felix Rafanhim, dez já foram esclarecidos. No mesmo período do ano passado, a cidade tinha 38 mortes violentas, o que representa uma queda no número de homicídios de 52,63%. Denúncias que possam ajudar nas investigações devem ser enviadas pelo WhatsApp (53) 98406-6995.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados