No campo

CRPO Sul comanda ação contra abigeato

Em dois dias de Operação Avante, a BM apreendeu 250 quilos de carne bovina em Arroio Grande

22 de Maio de 2020 - 19h07 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

A presença de PMs em pontos estratégicos faz parte de ações preventivas (Foto: Divulgação - BM)

A presença de PMs em pontos estratégicos faz parte de ações preventivas (Foto: Divulgação - BM)

O Comando Regional de Polícia do Sul (CRPO Sul) deu início a Operação Avante de Combate ao Abigeato e, na primeira ação, apreendeu 250 quilos de carne bovina, sem procedência, em Arroio Grande. O enfrentamento qualificado a esse tipo de crime tem como base as ocorrências registradas, o que levou a Brigada Militar a intensificar as ações de polícia ostensiva de prevenção e de repressão imediata aos delitos de furto/abigeato.

De acordo com o comandante do CRPO Sul, coronel Eduardo dos Santos Perachi, é uma operação de caráter preventivo e que terá continuidade. “Com base em análise de inteligência realizada pelo Comando e pelos Batalhões são elencadas regiões de acordo com indicadores criminais que apontam os locais de incidência dentro da abrangência do Comando Regional”, destacou.

A Operação alcançou todos os Batalhões do CRPO/Sul, que incluem 4° BPM e 5° BPChq (ambos em Pelotas), 6°BPM (Rio Grande), 30° BPM (Camaquã) e 3° BPAF (Jaguarão), sendo realizadas ações preventivas e repressivas em relação ao crime de campo, furtos e roubos na área rural. De acordo com Perachi, entre as ações de prevenção, destacam-se a presença e visibilidade da BM.

No aspecto repressivo, houve uma grande apreensão em Arroio Grande, o que integrou todas as unidades. Cerca de 250 quilos de carne foram encontrados em uma caminhonete Ranger, conduzida por um homem na área rural da cidade. O condutor não comprovou a origem do produto. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia. A carne apreendida ficou a cargo de fiscais da vigilância agropecuária estadual.

Efetivo
A primeira Operação Avante de Combate ao Abigeato contou com 61 policiais militares e 18 viaturas, que durante dois dias intensificaram as barreiras policiais e as abordagens na área rural dos municípios de Pelotas, Piratini, Canguçu, Jaguarão, Arroio Grande, Herval, Rio Grande (Cassino e Quinta), Camaquã, São Lourenço do Sul e Cristal.

O telefone para denúncias anônimas para crimes é o 190 de cada cidade.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados