Buscas

Corpo do tripulante do naufrágio no Cassino é encontrado

O barco pesqueiro era ocupado por sete tripulantes e oriundo do município de São José do Norte

07 de Novembro de 2019 - 16h27 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Navio Patrulha Benevente está auxiliando nas buscas pelos pescadores (Foto: Carlos Queiroz - Infocenter - DP)

Navio Patrulha Benevente está auxiliando nas buscas pelos pescadores (Foto: Carlos Queiroz - Infocenter - DP)

*Atualizada às 21h14min.

A Capitania dos Portos do Estado e a 3ª Delegacia de Polícia de Rio Grande (Cassino) instauraram inquérito para apurar as causas e as circunstâncias do naufrágio da embarcação Fernanda, no Cassino. O barco pesqueiro era ocupado por sete tripulantes e oriundo do município de São José do Norte. Ainda não há informações se a embarcação já estava alguns dias em alto mar ou se havia saído da cidade pouco tempo antes de naufragar.

De acordo com o Comando do 5º Distrito Naval, da Marinha do Brasil, três pessoas foram encontradas mortas, três foram resgatadas com vida e uma está desaparecida. Os corpos de dois tripulantes foram reconhecidos e identificados como Alvori Silveira dos Santos, 51 e Alex Sander Xavier da Silva, 40, ambos naturais de São José do Norte. A terceira vítimia foi encontrada no início da noite desta quinta-feira, durante as buscas, e ainda não foi identificada. As vítimas resgatadas foram internadas na Santa Casa de Rio Grande. O estado de saúde não foi divulgado até o fechamento desta edição.

A Polícia Civil foi acionada por populares que informaram que havia corpos na beira da praia, nas proximidades do Farol do Sarita, no Cassino. Próximo ao local, os policiais encontraram a viatura da Marinha do Brasil que já havia providenciado o recolhimento a fim de preservar os corpos que poderiam ser levados pela maré que estava subindo. Eles foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

Através de nota, a Marinha do Brasil informou que as buscas pelos tripulantes desaparecidos continuam na área do sinistro. Além da aeronave e da embarcação que estão atuando desde o início da manhã de ontem, foram acionados o Navio Patrulha Benevente, navio de serviço distrital e uma equipe de mergulhadores para seguirem com as buscas. "A Marinha do Brasil lamenta os falecimentos e se solidariza com os familiares das vítimas", diz em nota. A titular da 7ªDelegacia de Polícia Regional (DPR), delegada Lígia Furlanetto, afirmou que a investigação sobre o caso já se iniciou.

O Comando do 5º Distrito Naval tomou conhecimento do naufrágio ocorrido entre a Praia de Sarita e o Farol de Sarita, por volta das 6h40min desta quinta-feira (7).

Inicialmente a Marinha havia informado que o naufrágio tinha ocorrido em São José do Norte, no entanto, ocorreu no Cassino, em Rio Grande bem como seria apenas uma pessoa desaparecida, no entanto, dois pescadores ainda não foram encontrados. Aguarde mais informações. 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados