Flagrantes

Brigada Militar de Rio Grande prende três pessoas por tráfico de drogas

A guarnição flagrou dois deles embalando a droga, dentro de uma residência na rua Portugal

24 de Agosto de 2019 - 11h30 Corrigir A + A -
Na casa, a polícia encontrou 2.030 quilos de crack, 105 pedras da mesma droga embaladas para venda. (Foto: Divulgação - DP)

Na casa, a polícia encontrou 2.030 quilos de crack, 105 pedras da mesma droga embaladas para venda. (Foto: Divulgação - DP)

Três pessoas foram presas por tráfico de drogas na noite de sexta-feira (23), pela Brigada Militar (BM) de Rio Grande. Durante o patrulhamento de rotina, pela rua Portugal, a guarnição observou um deles em atitude suspeita. O mesmo entrou correndo em um casebre local onde os PMs flagraram outros dois embalando drogas sobre uma mesa.

O trio teve voz de prisão decretada. Na casa, a polícia encontrou 2.030 quilos de crack, 105 pedras da mesma droga embaladas para venda, 1.700 quilos de maconha, 2.100 quilos de cocaína, totalizando aproximadamente 5 quilos de drogas, R$ 1.044,00 em diversas notas, dois sacos de pinos para embalar drogas, três balanças digitais, três celulares, uma TV LG 32” e um caderno de anotações com conteúdo oriundo do tráfico. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

RS Seguro
Na mesma noite, durante a Operação RS Seguro pelo 6° BPM, uma guarnição abordou no bairro São Miguel um homem que portava 20 buchas de maconha. Pouco mais tarde, outra pessoa foi abordada no bairro Navegantes com 39 petecas de cocaína, uma bucha de 25 gramas de cocaína, cinco gramas de cocaína avulsa, uma bucha de maconha, uma balança de precisão e R$ 105,00 em diversas notas. Ambos foram presos e encaminhados à DPPA.

Operação em Jaguarão
Polícia Civil e Brigada Militar de Jaguarão realizaram operação na manhã deste sábado (24) quando foi preso temporariamente D.M.G pelo envolvimento em roubo a estabelecimento comercial ocorrido na última segunda-feira, dia 19. A ação policial ocorreu no bairro Carvalho. Também foram apreendidas munições e celulares.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados