Investigação

Bombeiros encontram ossada humana em apartamento incendiado

A moradora, uma idosa de 71 anos, se jogou do segundo andar para escapar das chamas

07 de Julho de 2020 - 14h10 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Bombeiros chamaram a polícia após terem localizado a ossada (Foto: Reprodução - WhatsApp)

Bombeiros chamaram a polícia após terem localizado a ossada (Foto: Reprodução - WhatsApp)

Um combate a incêndio e um mistério a ser investigado. O Corpo de Bombeiros de Pelotas localizou na tarde de segunda-feira (6) um saco com uma ossada que aparenta ser humana durante o rescaldo em um apartamento que pegou fogo na rua Santos Dumont, quase na esquina com a Sete de Setembro, no Centro da cidade. A Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) vai pedir o DNA para descobrir a identidade. A moradora do apartamento, uma idosa de 71 anos, precisou se jogar do segundo andar para escapar das chamas e está internada no Pronto-Socorro de Pelotas (PSP).

Segundo a ocorrência registrada pelos bombeiros, a vítima teria pulado de uma altura de cerca de quatro metros. A guarnição que atendeu ao chamado imobilizou a vítima, e logo foi conduzida para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O trabalho de combate às chamas ficou concentrado apenas no cômodo do quarto e resultou em algumas cobertas e um pedaço do sofá queimados.

Segundo a assessoria de imprensa da Corporação, durante o rescaldo a guarnição localizou um saco plástico cheio de ossos, "aparentemente humanos". "Foi feito contato com a Brigada Militar, Policia Civil e Guarda Municipal". informou o sargento Fabiano Rosa.

De acordo com o titular da DHPP, delegado Félix Rafanhim, segundo consta, a ossada seria do marido - morto há 12 anos - de uma mulher. "Devemos pedir DNA para verificar se realmente é do esposo, ou se existe algum documento que justifique a posse da ossada."


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados