Homicídio

Adolescentes suspeitas de matar menor no BGV são apreendidas

De acordo com o titular da Especializada, Félix Rafanhim, as adolescentes de 14 anos não apresentaram motivação para a morte da menor

07 de Março de 2019 - 09h42 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

As adolescentes suspeitas de assassinar Laisla Barreto Ribeiro,14, na noite da última terça-feira, no loteamento Getúlio Vargas, foram apreendias por agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Brigada Militar (BM).

De acordo com o titular da Especializada, Félix Rafanhim, as adolescentes de 14 anos não apresentaram motivação para a morte da menor. Segundo o delegado, as jovens entraram em contradição durante os depoimentos. "Nenhuma apresentou uma razão para a morte da Laisla mas temos testemunhas que presenciaram o caso e viram elas no crime", disse. 

Ainda de acordo com o delegado, uma das menores teria segurado a vítima para que a outra desferisse os golpes de faca. As adolescentes foram encaminhadas ao Centro de Atendimento Socio Educativo (Case) Porto Alegre porque em Pelotas a Unidade não acolhe meninas. 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados