Duplo homicídio

Adolescentes se apresentam como autores do duplo homicídio em Rio Grande

Os dois adolescentes alegaram desavenças anteriores como motivação do crime

10 de Maio de 2022 - 09h31 Corrigir A + A -
Carro das vítimas foi parar em uma vala, após William ser atingido por tiros
(Foto: Redes Sociais)

Carro das vítimas foi parar em uma vala, após William ser atingido por tiros (Foto: Redes Sociais)

Carro utilizado pelos adolescentes para o crime 
(Foto: Divulgação)

Carro utilizado pelos adolescentes para o crime (Foto: Divulgação)

Os acusados do assassinato do casal, William Nunes da Silva, 30 anos e Caroline Oliveira Pereira, 28 anos, mortos a tiros na segunda-feira (9) em Rio Grande, se apresentaram, na companhia de uma advogada, para a polícia. Os dois adolescentes, de 17 anos, apontaram desavenças anteriores como motivação para o crime. Eles se apresentaram após equipes da polícia civil iniciarem investigações no bairro São João, local do crime.

O veículo utilizado pelos infratores para o duplo homicídio, um Siena, cor branca, foi encontrado por policiais da Brigada Militar, abandonado em uma rua do bairro Getúlio Vargas, com estojos de pistola deflagrados em seu interior. O automóvel foi apreendido para ser periciado.

A polícia apontou ainda que William, que era conhecido como “Pimenta”, tinha diversos antecedentes policiais, inclusive por tráfico de drogas. Caroline não tinha nenhum antecedente.

O crime

O duplo homicídio aconteceu na rua Professor Henrique Forjat, esquina com a Eduardo Araújo, no bairro São João. Segundo informações de populares, o carro acabou caindo em uma vala, após pós ter sido alvejado com diversos tiros. O casal ainda foi socorrido e levado para atendimento médico na UPA da Junção, mas nenhum dos dois resistiu aos ferimentos e foram a óbito. Com mais estas duas mortes Rio Grande chega a 46 mortes violentas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados