Com mandado de busca e apreensão

Ação em revenda de veículos termina em prisão em flagrante

Homem responderá pelos crimes de tráfico de drogas, posse de arma de fogo e desenvolvimento clandestino de atividade de telecomunicação

08 de Agosto de 2020 - 11h33 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Polícia Civil investigava a prática dos crimes há seis meses (Foto: Divulgação - DP)

Polícia Civil investigava a prática dos crimes há seis meses (Foto: Divulgação - DP)

O cumprimento de um mandado de busca e apreensão em uma revenda de veículos no bairro Fragata, em Pelotas, resultou em prisão em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse de arma de fogo e desenvolvimento clandestino de atividade de telecomunicação. A ação da Polícia Civil encerra uma investigação de seis meses, liderada pela equipe da 3ª Delegacia de Polícia (3ª DP).

Ao chegarem ao local, foram encontrados 2,2 quilos de cocaína e 942 gramas de crack, além de material para as embalagens. Também foram apreendidos uma espingarda Puma calibre .38, duas balanças de precisão, um colete balístico, dois rádios comunicadores, dois celulares e dinheiro.

Os policiais ainda apreenderam cinco veículos que, pelas investigações, eram utilizados para distribuição da droga. O homem foi autuado em flagrante, conduzido para Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e recolhido ao Presídio Regional de Pelotas (PRP).

Ele é reincidente no crime de tráfico de entorpecentes. O trabalho liderado pela 3ª DP contou com o apoio da equipe Volante, coordenada pela delegada Maria Angélica Gentilini da Silva.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados