Educação

1ª Semana Estadual Maria da Penha nas Escolas teve início nesta segunda

Ação ocorre também quarta-feira e na sexta pelo canal do Youtube TV Seduc RS, sempre a partir das 9h30min

22 de Novembro de 2021 - 12h30 Corrigir A + A -

Com a finalidade de capacitar a comunidade escolar sobre ações e políticas de enfrentamento à violência contra a mulher, teve início nesta segunda-feira (22), a 1ª Semana Estadual Maria da Penha nas Escolas. Promovido pela Secretaria da Educação (Seduc) e pelo Comitê Interinstitucional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher (EmFrente, Mulher), com transmissão pelo canal do Youtube TV Seduc RS das 9h30min às 10h30min. A programação segue na quarta (24) e sexta (26), sempre no mesmo horário.

O primeiro encontro teve a participação da secretária da Educação, Raquel Teixeira, do secretário-executivo do programa RS Seguro, delegado Antônio Padilha, da professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) Rochele Fachinetto, da assessora pedagógica da Seduc, Helena Martins, e da assessora da Unidade de Coordenação do programa RS Seguro, Giovana Mazzarolo Foppa. Entre outros assuntos, serão abordados importância da temática violência contra mulher nas escolas; apresentação de projetos que ocorrem em âmbito nacional; e dois projetos desenvolvidos pelas escolas estaduais.

As lives dos dias 24 e 26 abordarão a importância da interação entre redes, o protagonismo estudantil, também trazendo trabalhos desenvolvidos na rede estadual de ensino.

O intuito é reconhecer as práticas já existentes, e destacar iniciativas que proponham transversalidades e/ou interdisciplinaridades no currículo com a temática sobre o enfrentamento à violência contra mulher e/ou Lei Maria da Penha nas escolas.

O Comitê Interinstitucional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, criado por meio do Decreto 55.430/2020, tem o objetivo fortalecer a rede de apoio às vítimas e promover entre os gaúchos uma mudança de cultura que valorize a proteção da mulher na sociedade em todas as suas formas. Tendo como premissa a atuação integrada, o Comitê é coordenado pelo RS Seguro, reunindo o trabalho dos três Poderes, de 15 instituições das esferas municipal e estadual, além de oito secretarias de Estado.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados