Eleição 2020

PT define pré-candidatura à prefeitura de São Lourenço

Após empate na avaliação interna no diretório municipal, direção estadual do partido indicou por maioria vereadora Márcia Lucas à disputa

06 de Julho de 2020 - 16h40 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Márcia Lucas recebeu maioria dos votos de dirigentes estaduais do partido para indicação de pré-candidatura (Foto: Divulgação - DP)

Márcia Lucas recebeu maioria dos votos de dirigentes estaduais do partido para indicação de pré-candidatura (Foto: Divulgação - DP)

Depois de quase dois meses de indefinições, o PT de São Lourenço do Sul definiu a pré-candidatura à prefeitura do município. A vereadora Márcia Lucas foi a escolhida pela maioria dos integrantes da comissão executiva estadual do partido em reunião na manhã desta segunda (6), em Porto Alegre.

A decisão foi tomada na capital porque, em maio, Márcia e o engenheiro agrônomo e ex-secretário de governo de Pelotas Ellemar Wojahn empataram em votação realizada entre dirigentes do diretório municipal. Diante do impasse, a escolha coube à instância estadual. A vereadora venceu por 10 a 8.

Caso confirme a candidatura em convenção, a petista deve concorrer ao Executivo com o prefeito Rudinei Härter (PDT), pré-candidato à reeleição. O PSDB, que também integra o grupo de Härter, também tem intenção de disputar a prefeitura indicando um nome como cabeça de chapa.

Já o atual vice, Tonho Lessa (MDB), pretende disputar a eleição como oposição a Härter. Os emedebistas se articulam com o PP para formar uma coligação de direita no município.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados