Sua aposentadoria

Previdência: como votaram os deputados ligados a Pelotas

Diário Popular fez levantamento da posição adotada por parlamentares que possuem relação política com os 21 vereadores

11 de Julho de 2019 - 16h02 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Camara dos Deputados 100719 - Najara Araujo - Camara dos Deputados

Em primeiro turno, texto-base da Reforma da Previdência recebeu 379 votos a favor e 131 contra (Foto: Najara Araújo - Câmara dos Deputados)

No universo das articulações e relações políticas, vereadores e deputados costumam adotar um método de apoio mútuo. Mais do que ter referências partidárias nas diferentes esferas (municipal, estadual e federal), a ligação se dá também por conta da sustentação eleitoral. Ou seja, a cada dois anos o vereador faz campanha para o deputado ou vice-versa.

A partir dessa legítima relação de troca ficam estabelecidas, também, representações. O vereador passa a contar com o “seu” deputado. Aquele que, em tese, tem posições políticas afinadas às suas e cujo gabinete em Porto Alegre ou Brasília estará de portas abertas para pedir auxílio em busca de recursos ou projetos.

Com base nisso, o Diário Popular fez um levantamento das posições adotadas pelos deputados gaúchos ligados aos vereadores de Pelotas na votação da Reforma da Previdência, aprovada em primeiro turno pela Câmara, em Brasília, na noite de quarta (10). Na maioria dos casos, os parlamentares federais que possuem conexão com os políticos pelotenses receberam apoio explícito nas campanhas. Em outros, a ligação se dá através de alinhamento partidário interno (integram um mesmo grupo dentro da sigla ou houve aproximação pós-eleição) ou por serem os únicos representantes das legendas na bancada gaúcha.

Confira como o deputado de cada vereador votou na PEC 6/2019:

  • Enéias Clarindo (PSDB) - Daniel Trzeciak (PSDB) - Sim
  • Dila Bandeira (PSDB) - Daniel Trzeciak (PSDB) - Sim
  • José Paulo Benemann (PSDB) - Daniel Trzeciak (PSDB) - Sim
  • Vicente Amaral (PSDB) - Daniel Trzeciak (PSDB) - Sim
  • Daiane Dias (PSB) - Liziane Bayer (PSB) - Sim
  • Antônio Peres (PSB) - Heitor Schuch (PSB) - Não (*1)
  • Zilda Bürkle (PSB) - Heitor Schuch (PSB) - Não (*1)
  • Roger Ney (PP) - Jerônimo Goergen (PP) - Sim
  • Anderson Garcia (PTB) - Maurício Dziedricki (PTB) - Sim
  • Reinaldo Elias (PTB) - Santini (PTB) - Sim
  • Ivan Duarte (PT) - Maria do Rosário (PT) - Não
  • Marcos Ferreira (PT) - Paulo Pimenta (PT) - Não
  • Salvador Ribeiro (MDB) - Giovani Feltes (MDB) - Sim
  • Fabrício Tavares (PSD) - Danrlei (PSD) / Afonso Hamm (PP) - Sim (*2)
  • Cristina Oliveira (PDT) - Pompeo de Mattos (PDT) - Não
  • Marcus Cunha (PDT) - Pompeo de Mattos (PDT) - Não
  • Éder Blank (PDT) - Afonso Motta (PDT) - Não
  • Waldomiro Lima (PRB) - Carlos Gomes (PRB) - Sim (*3)
  • Fernanda Miranda (PSOL) - Fernanda Melchionna (PSOL) - Não (*3)
  • Ademar Ornel (DEM) - Onyx Lorenzoni (DEM) - Sim (*3)
  • José Sizenando (DEM) - Onyx Lorenzoni (DEM) - Sim (*3)

TOTAL: 10 deputados a favor, 6 contra

(*1) - Vereadores não fizeram campanha para o deputado Heitor Schuch, mas ele é o representante do grupo interno do partido eleito deputado federal pelo PSB.

(*2) - Vereador fez campanha e possui ligação no PSD com Danrlei. No entanto, estreitou relações recentemente com Afonso Hamm e deve aderir ao PP para a próxima eleição.

(*3) - Único representante do partido na bancada gaúcha na Câmara dos Deputados.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados