Funcionalismo

Prefeitura de Rio Grande propõe reajuste de 2,55% a servidores

Projeto de Lei foi encaminhado à Câmara de Vereadores e deve ser analisado ainda no mês de janeiro

01 de Janeiro de 2020 - 15h41 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Prefeito encaminhou proposta ao Legislativo e votação é aguardada ainda para janeiro (Foto: Divulgação - DP)

Prefeito encaminhou proposta ao Legislativo e votação é aguardada ainda para janeiro (Foto: Divulgação - DP)

A prefeitura de Rio Grande fechou nesta terça (31) a proposta de reajuste salarial dos servidores públicos do município. Conforme o Projeto de Lei assinado pelo prefeito Alexandre Lindenmeyer (PT), o índice será de 2,55%, com data-base de 1º de janeiro de 2020.

A expectativa do Executivo é que a proposta seja analisada e votada pelos parlamentares ainda dentro do mês de janeiro. Ficam de fora dessa reposição os salários do prefeito, do vice, secretários de governo e demais agentes com status equivalente. O percentual proposto tem como base a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC-IBGE), entre 1º de novembro de 2018 e 31 de outubro de 2019, período que serve como base para calcular o reajuste da unidade fiscal do município e os vencimentos dos servidores.

Lindenmeyer justifica o reajuste apontando redução da arrecadação em todos os governos, provocando atrasos, parcelamentos em muitos estados e município. Segundo o prefeito, o Executivo "mobilizou todos os esforços possíveis" para garantir a correção inflacionária.

“2020 é um ano desafiador por conta das questões econômicas e sociais que nos são colocadas em termos de país, Estado e, também, no município”, comenta o prefeito.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados