Oportunidade

Prefeitura anuncia concurso para o segundo semestre

Último grande processo seletivo do executivo teve 20 mil inscritos

23 de Junho de 2018 - 11h49 Corrigir A + A -
Em 2017, processo teve 20 mil inscritos para 331 vagas e cadastro reserva. (Foto: Jerônimo Gonzalez - DP)

Em 2017, processo teve 20 mil inscritos para 331 vagas e cadastro reserva. (Foto: Jerônimo Gonzalez - DP)

A prefeitura de Pelotas confirmou a realização de um concurso público no segundo semestre deste ano. As principais vagas serão nas áreas de Educação e Saúde, conforme o secretario de Administração e Recursos Humanos (Sarh), Abel Dourado. Um estudo feito pela pasta já está com a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) para autorizar a contratação de uma empresa para realizar a seleção.

Nesta semana, vereadores da oposição estiveram no Ministério Público pedindo medidas para barrar os constantes contratos administrativos. Fernanda Miranda (PSOL), Cristina Oliveira e Marcus Cunha (PDT) têm cobrado a realização de concurso como forma de admitir servidores.

Como justificativa, Abel falou justamente sobre a substituição de temporários por concursados, além da reposição por morte, exoneração e aposentadoria. O concurso terá também vagas de cadastro reserva, para chamadas posteriores nas áreas contempladas.

Segundo os dados divulgados pelo Executivo, hoje são cerca de 260 contratos emergenciais na Secretaria Municipal de Educação e Desporto (Smed) e 360 na Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Perguntado sobre o estudo, Dourado informou ser de uso interno, e o número total de vagas e áreas ainda não está definido.
“Com novos programas na área da Educação, por exemplo, precisamos dos profissionais para não perder as verbas, o mesmo acontece na área da Saúde. Também tivemos muitas aposentadorias e exonerações neste período”, explica.

Dourado comentou ainda que, apesar de não oferecer altos salários, as seleções para ser um servidor do município costumam atrair muitos participantes, ainda mais em momentos de falta de empregos. “São raras as empresas que estão aumentando seus quadros. Não é o melhor dos salários, mas tem estabilidade, plano de saúde muito bom e vale-alimentação”, manifestou. 

A seleção não onera os cofres públicos do município. “Se paga com inscrições. Normalmente milhares de pessoas participam”, comentou o gestor. O último grande concurso ofertava 331 vagas e cadastro reserva foi realizado em março de 2017.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados