Aproximação

Paula e PSDB reavaliam articulação política

Eleição da nova Mesa Diretora da Câmara sem partidos do governo e dificuldades nas votações chamam atenção do Executivo

07 de Janeiro de 2020 - 21h22 Corrigir A + A -
Prefeita recebeu democratas Ornel e Sizenando, novo presidente da Câmara, e pediu apoio do Legislativo (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

Prefeita recebeu democratas Ornel e Sizenando, novo presidente da Câmara, e pediu apoio do Legislativo (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

A eleição da nova Mesa Diretora da Câmara somente com partidos que não fazem parte do Executivo ampliou o sinal de alerta no governo para a falta de articulação política. Com dificuldades nos últimos dois anos para aprovar projetos, mesmo com maioria e o comando no Legislativo, a prefeita tem discutido internamente a necessidade de melhorar a relação com o parlamento.

Além das conversas com integrantes da própria administração, a prefeita Paula Mascarenhas tem ouvido representantes partidários. Principalmente do PSDB, seu partido. Na segunda (6), a pedido dos deputados Daniel Trzeciak e Luiz Henrique Viana, um encontro no final do dia no paço julgou o desempenho político de 2019. Participaram também o líder do governo na Câmara, Enéias Clarindo, e o presidente do PSDB, Gilberto Cunha.

"Reconhecemos que é necessário melhorar o relacionamento político com a Câmara de Vereadores. Executivo e Legislativo precisam estar em sintonia para que a cidade possa ganhar com isso", diz Trzeciak.

DEM faz visita "de cortesia"

Novo comandante do Legislativo com a eleição de José Sizenando, o DEM também esteve com a prefeita. Oficialmente divulgada como uma visita de cortesia do presidente, a conversa serviu também como tentativa de aproximação de Paula com a bancada, já que Ademar Ornel também participou do encontro. A prefeita pediu a colaboração do parlamento. Sizenando tem repetido discurso de independência na condução da pauta da Câmara, sem atuar como oposição ou situação.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados