Infraestruturav

Ministro promete 18 quilômetros da BR-116 até julho

Tarcísio Gomes de Freitas afirma que pretende ter pelo menos 50 quilômetros de duplicação finalizados ao longo de 2020

25 de Maio de 2020 - 20h02 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Prioridade: Freitas assegurou recursos do ministério para a continuidade da duplicação (Foto: Ricardo Botelho - Minfra)

Prioridade: Freitas assegurou recursos do ministério para a continuidade da duplicação (Foto: Ricardo Botelho - Minfra)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse nesta segunda-feira (25) que até o final do mês de julho outros 18 quilômetros de duplicação da BR-116 serão entregues. Até o momento, dos 211 quilômetros da rodovia entre Guaíba e Pelotas, 74 foram concluídos e liberados para circulação.

A afirmação foi feita pelo ministro durante transmissão ao vivo pelas redes sociais com o deputado federal Daniel Trzeciak (PSDB). O novo trecho a ser liberado ao tráfego será nos lotes 3 e 4, entre os municípios de Sentinela do Sul e Camaquã.

Conforme Freitas, apesar das dificuldades financeiras enfrentadas pelo governo com a pandemia do novo coronavírus, a previsão de entrega da estrada totalmente duplicada está mantida para o final de 2021. Para que o cronograma seja cumprido, no entanto, a pasta prepara o lançamento de novas licitações para trechos em que as obras estão mais atrasadas.

A expectativa é que, com a contratação de novas empresas, a obra ganhe fôlego. “O risco (de estender a obra além de 2021) não existe. Estamos acostumados a fazer licitações com velocidade, o DNIT faz muito bem isso. Não temos receio com relação a judicializações porque os contratos foram exauridos. Estamos amparados pelo Tribunal de Contas. Não há nada que represente risco jurídico”, assegurou.

Exército é alternativa

Conforme Freitas, caso sejam encontradas dificuldades extras em pontos da rodovia, o Ministério da Infraestrutura pode usar mão de obra do Exército, a exemplo do que foi feito nos lotes 1 e 2 da rodovia.

Sobre o contorno de Pelotas, o ministro descartou a possibilidade de paralisação das obras e também assegurou a entrega em 2021. “São boas notícias. Temos que comemorar a conquista destes 74 quilômetros entregues da BR-116 e a continuidade do contorno. A BR-116 é uma obra de todos, que a sociedade gaúcha abraçou”, aponta o deputado Trzeciak.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados