Secretariado

Henrique Pires assume assessoria especial da prefeitura

Ex-secretário especial da Cultura de Bolsonaro, jornalista passa a fazer parte da equipe mais próxima de Paula Mascarenhas

22 de Janeiro de 2020 - 15h21 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Pires foi anunciado pela prefeita Paula e pelo vice Idemar (Foto: Paulo Ienczak - Ascom)

Pires foi anunciado pela prefeita Paula e pelo vice Idemar (Foto: Paulo Ienczak - Ascom)

* Atualizada às 16h50min para acréscimo de informações

A prefeita Paula Mascarenhas anunciou na manhã desta quarta (22) o jornalista Henrique Pires como novo integrante da equipe de governo. O ex-secretário especial da Cultura de Jair Bolsonaro assume a partir de quinta (23) o cargo de assessor especial do Executivo. A função, dividida atualmente entre cinco pessoas com diferentes atribuições, tem status de secretário municipal.

Graduado em Estudos Sociais pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e especialista em Políticas Públicas pela Universidade de Salamanca, na Espanha, Pires deixou a Secretaria Especial de Cultura em agosto do ano passado após classificar como censura a suspensão de editais para produções audiovisuais com temática LGBT.

Paula justificou a nomeação por conta da experiência de Pires nas áreas de comunicação, cultura, relações institucionais e políticas no serviço público. “Com toda esta experiência, o Henrique só tem a contribuir para a nossa gestão e para o município que o acolheu. Certamente, ele vai trazer uma grande qualidade técnica, política e humana”, ressaltou. A prefeita não deu detalhes sobre os temas específicos a que o novo assessor especial estará vinculado, mas destacou que o jornalista atuará diretamente ao seu lado, na articulação de pautas estratégicas para o governo.

Não é a primeira vez que Henrique Pires assume cargo político na prefeitura de Pelotas. Durante o governo de Bernardo de Souza, foi secretário de Cultura, Lazer e Turismo e de Comunicação.

“Já queria voltar a Pelotas há algum tempo e agora recebi esse convite para colaborar com o governo na formulação de políticas que a prefeita pretende implementar. Vamos utilizar as portas abertas que tenho em Brasília para encaminhar projetos e potencializar agendas”, diz Pires.

Vínculo com Cultura e Comunicação

Nascido em Pedro Osório, Pires foi diretor do Theatro Sete de Abril, presidiu o Instituto João Simões Lopes Neto e a extinta Fundação de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo de Pelotas (Fundapel). 

Na UFPel, foi diretor do Departamento de Arte e Cultura e colaborou para a criação dos cursos superiores de Cinema e Animação e Teatro. Também possui especialização na Escola Nacional de Administração Pública, vinculada ao Ministério da Economia, e foi assessor de relações governamentais do Grupo RBS, em Brasília. Também na capital federal foi chefe de gabinete dos ministros Osmar Terra e Alberto Beltrame, no extinto Ministério de Desenvolvimento Social.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados