Preocupação

"Estão brincando com a vida", diz prefeito do Chuí

Em transmissão nas redes sociais, Marco Antônio Barbosa fez desabafo por descumprimento de distanciamento social no município

11 de Agosto de 2020 - 18h46 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Live teve muitas reações e compartilhamentos nesta terça-feira (Foto: Reprodução - Facebook)

Live teve muitas reações e compartilhamentos nesta terça-feira (Foto: Reprodução - Facebook)

"As pessoas estão brincando com a vida. Que brinquem com a vida delas. Se atirem num precipício, mas não prejudiquem a vida dos outros." Foi esse o tom usado pelo prefeito do Chuí, Marco Antônio Barbosa (DEM), para apelar à população para que respeite as regras de distanciamento social e evitem o contágio pelo coronavírus.

Em transmissão pelo Facebook na tarde desta terça-feira (11), o chefe do Executivo do município com cerca de 6 mil habitantes criticou o comportamento de parte dos moradores durante o final de semana. Segundo ele, foram registrados flagrantes de aglomerações na avenida principal da cidade que podem colocar em risco o funcionamento de atividades econômicas caso haja aumento do número de infecções por Covid-19.

"No sábado constatamos festas, aniversários. No domingo um monte de gente na avenida fumando narguilé, fazendo sua reunião. Pô, gente! A maior barreira contra o coronavírus, além da máscara e do álcool em gel, é o distanciamento social", disse. O prefeito citou Pelotas como exemplo de agravamento da pandemia por conta da adoção do lockdown durante o final de semana. Segundo Barbosa, caso Chuí venha a ter internações em UTI ou óbitos a cidade terá que fechar o comércio, principal fonte de renda da maioria das famílias.

"Não estou entendendo o que está passando na cabeça das pessoas. Como se as coisas não estivessem acontecendo. Não olham televisão, Facebook, não escutam rádio?", protestou. Ele reforçou apelo para que sejam respeitados protocolos de distanciamento e pediu reconhecimento ao esforço das equipes de Vigilância Epidemiológica.

"O aniversário faz no ano que vem, a maior festa do mundo. O dinheiro que ia gastar este ano, junta e gasta no ano que vem. Porque se não no ano que vem tu não vai fazer aniversário. Vai fazer aniversário de falecido, de morto. Vai muita gente visitar no dia de finados porque tu não respeitou."

De acordo com o boletim epidemiológico, Chuí tem até o momento 18 casos confirmados de Covid-19, sendo que 17 já se recuperaram e o único ativo está em monitoramento em casa. Nenhuma internação ou óbito foi registrado desde o começo da pandemia.

Confira o desabafo do prefeito: 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados