Estado

Estado destina R$ 131 milhões para o desenvolvimento do Turismo

Governo do Rio Grande do Sul lançou nesta terça-feira mais uma etapa do programa Avançar

18 de Janeiro de 2022 - 16h12 Corrigir A + A -
Programa lançado nesta terça-feira integra o Avançar, que já soma R$ 4,6 bilhões investidos em diferentes áreas. (Foto: Itamar Aguiar - Palácio Piratini)

Programa lançado nesta terça-feira integra o Avançar, que já soma R$ 4,6 bilhões investidos em diferentes áreas. (Foto: Itamar Aguiar - Palácio Piratini)

O governo do Estado lançou, nesta terça-feira (18), o programa Avançar no Turismo, com aporte de R$ 131 milhões em recursos do Estado para investimentos nesse segmento no Rio Grande do Sul. O valor é treze vezes maior do que o total investido nos últimos 17 anos no setor turístico no Estado. Para celebrar a iniciativa, o anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite (PSDB) e pelo secretário de Turismo, Ronaldo Santini, no cais do porto, na capital, um dos mais conhecidos cartões-postais do Rio Grande do Sul.

Leite lembrou que os investimentos vão atender não só os turistas, mas também os moradores das localidades contempladas, que vão poder contar com mais estrutura. “Além de estimularem o senso de pertencimento das comunidades locais e a preservação do meio ambiente, são investimentos que vão qualificar os espaços com vocação para o turismo, importantes para dar o conforto que o turista deseja para ter boas experiências no nosso Estado, e assim gerar mais desenvolvimento a partir desta indústria sem chaminés, que é o turismo”, afirmou o governador.

Do total de recursos anunciados, R$ 128 milhões serão destinados a projetos de infraestrutura turística, mediante contrapartida dos municípios. Foram selecionados 139 projetos em convênio com 134 municípios para construção, revitalização e/ou reforma de infraestrutura de equipamentos urbanos ou rurais, com finalidade turística. Com a contrapartida das prefeituras, o investimento será de R$ 175 milhões.

Para a promoção do desenvolvimento e da qualificação do turismo regional, serão destinados R$ 3 milhões. O valor será aplicado em nove projetos selecionados, que vão impactar 148 municípios nas regiões da Uva e Vinho, Carbonífera, Rota do Yucumã, Pampa Gaúcho, Costa Doce, Terras Encantadas, Campos de Cima da Serra, Quarta Colônia e Termas e Lagos.

No evento já foi realizada a assinatura dos 16 primeiros convênios entre o Estado e municípios dentro do Avançar no Turismo. Assinaram os representantes de Aceguá, Bento Gonçalves, Esteio, Gramado, Faxinal do Soturno, Rio Grande, Maquiné, Lagoa Vermelha, Ubiretama, Bom Jesus, Estrela, Santa Rosa, Cruz Alta, Marcelino Ramos, Uruguaiana, e da Associação dos Municípios do Litoral Norte.

Secretário de Turismo, Ronaldo Santini destacou a importância dos projetos para alavancar o turismo depois de um longo período de poucos investimentos em função das dificuldades fiscais que o Estado apresentava.

“O Turismo no Rio Grande do Sul é uma das principais fontes de geração de emprego e renda e, por muitos anos, ficou desassistido de investimentos por falta de recursos para o setor. Os projetos selecionados, além de obedecer critérios de desenvolvimento do turismo regional, revelam o desejo de diversos municípios de terem novas matrizes econômicas a partir do turismo”, disse Santini.

Região sul

O programa Avançar no Turismo vai destinar recursos para três cidades da região sul: Candiota, Rio Grande e São Lourenço do Sul. A revitalização do Porto Histórico de Rio Grande vai receber R$ 3.015.764,49. Em São Lourenço do Sul, R$ 740.682,00 serão investidos para asfaltamento da avenida Professora Isolina Passos. Já em Candiota, R$ 407.392,56 vão contribuir para o acesso asfáltico ao Parque Seival.

Números

Infraestrutura Turística

- Acesso, pavimentação ou calçamento: 57 projetos e R$ 65,4 milhões de investimento
- Cicloturismo: 11 projetos, com R$ 18 milhões de investimento
- Parques, praças ou orlas: 46 projetos, com R$ 31,5 milhões em investimento
- Prédios ou centros turísticos: 12 projetos, com R$ 9,5 milhões de investimento
- Pórticos, mirantes ou monumentos: 12 projetos, com R$ 3,6 milhões de investimento

Desenvolvimento do turismo regional

- R$ 3 milhões para projetos nas regiões da Uva e Vinho, Carbonífera, Rota do Yucumã, Pampa Gaúcho, Costa Doce, Terras Encantadas, Campos de Cima da Serra, Quarta Colônia e Termas e Lagos


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados