União Brasil

DEM em Pelotas ainda não tem posição sobre a união com o PSL

Vereador da legenda, José Sizenando afirma que irá aguardar as movimentações

07 de Outubro de 2021 - 21h42 Corrigir A + A -
Fusão foi aprovada nesta quarta-feira. Nova legenda possui apenas uma cadeira na Câmara de Pelotas, que segue sem receber a população desde o início da pandemia - (Foto: Lenise Slawski)

Fusão foi aprovada nesta quarta-feira. Nova legenda possui apenas uma cadeira na Câmara de Pelotas, que segue sem receber a população desde o início da pandemia - (Foto: Lenise Slawski)

Com uma cadeira na Câmara de Vereadores de Pelotas, o diretório local do Democratas (DEM) ainda não tem posição com relação à fusão com o PSL, aprovada na quarta-feira, que criou um novo partido, o União Brasil, sob o número 44. Vereador da legenda, José Sizenando afirma que irá aguardar as movimentações.

Conhecido por ações nos bairros, o parlamentar não possui vínculos claros com pautas do PSL. Mesmo assim, afirma que inicialmente vai "acatar as decisões do DEM". Entretanto, pressupõe que mudanças possam acontecer. "Acredito que o DEM Gaúcho tenha um novo rumo."

Para o presidente do partido na cidade, Matteo Chiarelli, a decisão encaminhada pelas cúpulas nacionais até então não provocou movimento local, bem como não houve consulta aos filiados. "Acho que o sistema eleitoral é pouco representativo, pois tem muito partido que não representa nada nem ninguém", afirma. Segundo ele, a união dos partidos será uma tendência natural nos próximos anos e o DEM apenas se antecipou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados