Economia

Casa Civil adota medidas e deve reduzir quase R$ 1 milhão em custos

O próximo passo será a divulgação de campanhas institucionais de conscientização para a utilização mais racional dos recursos, como energia elétrica e água

15 de Outubro de 2019 - 15h37 Corrigir A + A -
O valor economizado, a contar do dia 1º de agosto de 2019, será de R$ 868.627,72 em 2020. (Foto: Leandro Osório)

O valor economizado, a contar do dia 1º de agosto de 2019, será de R$ 868.627,72 em 2020. (Foto: Leandro Osório)

Uma economia de quase R$ 1 milhão em 12 meses é a projeção da Secretaria da Casa Civil do governo do Estado. A medida para redução de custos foi tomada para manter a conformidade com o Decreto Estadual 54.479/19, que prevê a racionalização e o controle de despesas públicas e estabelece procedimentos emergenciais para iniciar a retomada do equilíbrio orçamentário e financeiro do Estado. Tais medidas não foram citadas pelo governo.

O valor economizado, a contar do dia 1º de agosto de 2019, será de R$ 868.627,72 em 2020.  Por meio da subchefia Administrativa, foram adotadas uma série de medidas para essa redução, como a negociação de atuais contratos que estavam em período de renovação.

O próximo passo será a divulgação de campanhas institucionais de conscientização para a utilização mais racional dos recursos, como energia elétrica e água. Outras providências ainda devem ser tomadas visando à redução de despesas e contribuindo para que medidas como essa se tornem regras e não uma exceção.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados