Pandemia

Câmara quer equipe de suporte a profissionais da Saúde

Proposta oficial de criação de equipes para acompanhar a saúde física e mental dos profissionais do SUS será apresentada esta semana para a prefeita

24 de Junho de 2020 - 09h08 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Comissão de Saúde pretende apresentar proposta ao Executivo para ampliar suporte a equipes que atendem pacientes de Covid-19 (Foto: Paulo Ferreira - Câmara de Vereadores)

Comissão de Saúde pretende apresentar proposta ao Executivo para ampliar suporte a equipes que atendem pacientes de Covid-19 (Foto: Paulo Ferreira - Câmara de Vereadores)

A Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores pretende apresentar à prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) ainda esta semana um pedido oficial para a montagem de equipes de apoio a profissionais que atuam contra a Covid-19. A ideia dos vereadores é que o município conte com especialistas voltados a atender, exclusivamente, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, profissionais de higienização e outros trabalhadores que atuam na linha de frente durante a pandemia.

A proposta é defendida pelo presidente da comissão, Marcos Ferreira, o Marcola (PTB). Segundo ele, faltam dados sobre profissionais da saúde infectados ou com suspeita do vírus. No entanto, diz que há desgaste físico e mental na categoria diante da pressão de lidar com a doença. “Se a prefeitura não tem equipes suficientes para prestar este atendimento, vamos discutir uma contratação emergencial. Não podemos é deixar estes profissionais sem acompanhamento”, argumenta.

A ideia será apresentada para discussão na Câmara na sessão desta quarta (24) e depois levada para a prefeita. A ideia é que as equipes de atendimento especializado para profissionais da saúde sejam montadas e entrem em serviço o quanto antes. “O cenário fica cada vez pior e com isso a saúde dos nossos trabalhadores da saúde também sofre mais, não podemos demorar para garantir algum apoio”, comenta a vice-presidente da Comissão de Saúde, Daiane Dias (PL).

Na terça (23), em entrevista coletiva, a prefeita ressaltou a importância de médicos, enfermeiros e outros trabalhadores que atuam na linha de frente. Segundo Paula, o governo tem oferecido toda a estrutura possível como apoio e que há prioridade para oferecer toda a retaguarda que estiver ao alcance da prefeitura.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados