Planos e propostas

Bolsonaro faz a segunda reunião ministerial

Texto da reforma da Previdência deve ser destaque na conversa desta terça-feira com a equipe do governo

08 de Janeiro de 2019 - 16h00 Corrigir A + A -

Agência Brasil

Uma semana depois de assumir o governo, o presidente Jair Bolsonaro volta a reunir, nesta terça-feira, os 22 ministros. Ele quer ouvir cada um sobre os planos para este mês, eventuais propostas de enxugamento e perspectivas.

Também estará em discussão o texto da reforma da Previdência que deverá ser apresentado ao Congresso Nacional.

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, recebeu a tarefa de Bolsonaro para elencar os principais pontos do texto que o governo pretende encaminhar aos parlamentares neste semestre. Para o presidente, a proposta ideal deve incluir a fixação de idade mínima, de forma gradual, para aposentadoria. Assim, os homens teriam piso de 62 anos e mulheres, 57.

Varredura
Outra missão repassada a todos os ministérios foi uma lista de medidas que cada ministro pretende colocar em prática já nas próximas semanas e uma varredura nas contas de cada pasta e análise, principalmente, dos gastos feitos nos últimos dias da gestão Michel Temer.

A equipe identificou “uma movimentação incomum de exonerações e nomeações e recursos destinados a ministérios”.

Com isso, o recado para os ministros foi o levantamento de atos e gastos dos últimos 30 dias. Pelo menos parte desses relatórios deve ser apresentada no encontro desta terça-feira.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados