Ano eleitoral

26 mil não fizeram cadastro biométrico em Canguçu e Santa Vitória

Eleitores dos dois municípios têm até 11 de março para regularizar situação ou terão títulos cancelados

01 de Janeiro de 2020 - 17h30 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

biometria marcelo camargo agbr

Atualização dos dados eleitorais deve ser feita até o dia 11 de março (Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil)

Mais de um terço dos eleitores de Canguçu e Santa Vitória do Palmar ainda não procurou um Cartório Eleitoral para fazer o cadastramento biométrico. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que alerta para a necessidade do procedimento até o dia 11 de março para que estas pessoas possam participar da eleição municipal de 2020.

Conforme o mais recente levantamento do TRE, entre os dois municípios da Zona Sul, Canguçu é o que teve o menor comparecimento ao cartório até o momento. Dos 44.099 eleitores, 17.999 ainda não inseriram as impressões digitais no sistema. O número equivale a 40,8% do total.

Já em Santa Vitória do Palmar, a situação é um pouco melhor, faltando 33,9% dos eleitores comparecerem ao Cartório Eleitoral. Com 24.444 possíveis votantes, a cidade tem por enquanto 8.297 pessoas sem cadastramento biométrico.

Documentos necessários

Para regularizar a situação e garantir o direito à escolha de prefeitos e vereadores em outubro, é preciso ir até o cartório mais próximo levando apenas um documento de identificação oficial com foto e comprovante de residência. Para os homens, é solicitado também o documento de alistamento militar. Caso não queira se arriscar a lidar com filas, os eleitores podem solicitar o agendamento de uma data e horário para realização do procedimento.

Quem não fizer o cadastramento biométrico ficará impedido também de participar de concurso público, tirar passaporte, obter empréstimos em bancos públicos e matricular-se em escolas públicas. No caso de servidores públicos, o pagamento do salário também fica bloqueado.

Além de Canguçu e Santa Vitória do Palmar, o cadastramento biométrico também está sendo feito em Camaquã, Canela, Capão da Canoa, Carazinho, Cruz Alta, Dom Pedrito, Erechim, Guaíba, Ijuí, Itaqui, Lajeado, Rosário do Sul, Santa Cruz do Sul, Santiago, Santo Ângelo, São Borja, São Gabriel, Sapiranga e Torres. Somados todos estes municípios, são 464 mil possíveis votantes que ainda não regularizaram a situação.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados