Eleição 2020

DEM e MDB lançam candidaturas individuais à prefeitura

Partidos que haviam anunciado coligação decidiram seguir caminhos diferentes após desistência de Fabrício Matiello

26 de Setembro de 2020 - 16h30 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Marchand (DEM) e Cabedal (MDB) representarão partidos na eleição à prefeitura após o fim da aliança (Foto: Divulgação - DP)

Marchand (DEM) e Cabedal (MDB) representarão partidos na eleição à prefeitura após o fim da aliança (Foto: Divulgação - DP)

Democratas e MDB seguirão mesmo rumos distintos na campanha à prefeitura de Pelotas. Com a desistência do advogado Fabrício Matiello na terça (22) de representar a coligação de ambos, os partidos confirmaram que terão candidatos às vésperas do prazo de encerramento de registro de chapas na Justiça Eleitoral.

Ainda na quarta (23), Marco Marchand (DEM), até então vice de Matiello, afirmou que se lançaria como concorrente ao Executivo e aguardaria posição do diretório do MDB sobre eventual inversão de posições, com os emedebistas indicando o vice. Como o partido optou por não continuar com a aliança, somente na noite de sexta (25), um dia antes de expirar o prazo de registro, os democratas definiram o segundo nome da chapa própria. O escolhido foi Henrique Kloos, major da reserva da Brigada Militar.

Já o MDB, com os nomes de João Carlos Cabedal e Rui Jordão acertados para a eleição, usou o penúltimo dia do prazo de registro de candidaturas para finalizar o programa de governo. Até o fim da tarde de sexta, dirigentes e candidatos ficaram reunidos ajustando os detalhes finais após a ruptura com o DEM.

De acordo com o presidente emedebista, Luís Fernando Winck Medeiros, a escolha do partido de não continuar ao lado dos democratas se deu por conta do compromisso da direção estadual do MDB de repassar recursos para campanha se houvesse candidatura a prefeito, além do pedido de candidatos a vereadores de que a legenda fosse destacada com a disputa ao Executivo.

"Houve muitas idas e vindas nas tratativas (com o DEM), muito por questões internas do MDB. O presidente do DEM tem uma atuação muito digna conosco e só temos a agradecer o tratamento dispensado ao nosso partido", diz Medeiros.

Registros de última hora

Das 11 candidaturas anunciadas para a prefeitura de Pelotas, até às 16h15min da tarde deste sábado (26) somente quatro constavam no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE): Dan Barbier (PDT), Ivan Duarte (PT), Júlio Domingues (PSOL) e Tony Sechi (PSB).

O horário limite estabelecido para envio da documentação pela Internet foi encerrado às 8h. Porém, portaria assinada pelo ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, permitiu que as chapas possam requerer o registro fisicamente aos cartórios eleitorais até às 19h. A medida foi tomada por conta da dificuldade enfrentada nos últimos dias por partidos e coligações de todo o país em fazer a transmissão online dos dados.

Propriedade intelectual do Jornal Diário Popular

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados