Abertura do ano Legislativo

Base do governo fica com quase todas as comissões na Câmara

Votações se encerraram no início da tarde desta quarta que marca as primeiras sessões ordinárias de 2021

06 de Janeiro de 2021 - 15h41 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Primeiras sessões do ano ocorreram nos mesmos moldes adotados em 2020, com a maioria dos vereadores de seus gabinetes (Foto: Volmer Perez - TV Câmara)

Primeiras sessões do ano ocorreram nos mesmos moldes adotados em 2020, com a maioria dos vereadores de seus gabinetes (Foto: Volmer Perez - TV Câmara)

* Atualizada às 17h48min para acréscimo de informações

O primeiro dia de sessões ordinárias da Câmara de Vereadores de Pelotas em 2021 foi de nova vitória do governo, nesta quarta-feira (6). As duas principais Comissões - de Orçamento e Finanças (COF) e de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) -, que podem definir o ritmo para o andamento dos projetos de leis, ficaram com o bloco aliado. O mesmo ocorreu com as nove comissões temáticas: mais uma vez a base, que conta com ampla maioria, venceu.

A oposição só ficou na presidência da Comissão de Serviços Públicos e, mesmo assim, em composição proposta pelo líder do governo, Marcos Ferreira, o Marcola (PTB). Na área da Educação e do Meio Ambiente, em que o PSOL decidiu lançar candidato para concorrer à liderança dos trabalhos, não foi diferente: de novo a base saiu vitoriosa.

No dia 1° de janeiro, quando os parlamentares tomaram posse e elegeram a Mesa Diretora, o campo aliado já havia demonstrado força e ficou com todos os cargos da Mesa.

Proposta de gestão compartilhada é derrotada

A ideia de que os blocos da maioria e da minoria pudessem se alternar nos espaços de poder da Casa, defendida pelo PT em documento protocolado em 23 de dezembro, ontem sofreu nova derrota. Na proposta assinada por Miriam Marroni e Sidnei Fagundes, o Sid, a Câmara de Pelotas deveria adotar sistema implementado há mais de 20 anos na Assembleia Legislativa, em que os partidos se alternam entre Mesa Diretora e as presidências da COF e da CCJR, de modo aos dois grupos ocuparem os cargos de forma proporcional e equilibrada. Mas não foi o que se viu.

Ao se pronunciar e ler os nomes defendidos para integrar as nove comissões temáticas, o líder do governo assegurou que a posição era a de garantir a participação de todos. "Não estamos querendo operar o sistema rolo compressor", afirmou Marcola. "O que tá ruim pode ficar pior", reforçou, ao ouvir a vereadora Fernanda Miranda sustentar que o PSOL buscava a presidência das Comissões de Educação e de Meio Ambiente. "O que o senhor nos apresenta é uma proposta pronta e debate se faz ouvindo todas as vozes. Isso é democracia", rebateu a líder da bancada psolista.

Na prática, sete comissões - apreciadas em pacote único - foram eleitas por maioria, já que o PSOL se absteve da votação. No Meio Ambiente, o partido perdeu, inclusive, a posição de vice-presidente, que havia sido proposta inicialmente por Marcola. Sem acordo, a base do governo lançou, Reinaldo Elias, o Belezinha (PSD) para presidente e Jair Bonow (PP) para vice. Jurandir Silva (PSOL) disputou os dois cargos, mas, com maioria, a base venceu.

Na Comissão de Educação só não ocorreu o mesmo porque Carlos Júnior (PSD) abriu mão da candidatura para a vereadora e professora Fernanda Miranda poder assumir a cadeira de vice-presidente.

Confira como ficam as Comissões para 2021:

* Comissão de Orçamento e Finanças (COF):
- Presidente: Paulo Rogério dos Santos (PSDB)
- Vice-presidente: Jair Bonow (PP)

* Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR):
- Presidente: Anderson Garcia (PTB)
- Vice-presidente: Paulo Coitinho (Cidadania)

* Comissão de Saúde:
- Presidente: Marcos Ferreira, o Marcola (PTB)
- Vice-presidente: Paulo Rogério dos Santos (PSDB)

* Comissão de Educação:
- Presidente: Michel Promove (PP)
- Vice-presidente: Fernanda Miranda (PSOL)

* Meio Ambiente:
- Presidente: Reinaldo Elias, o Belezinha (PSD)
- Vice-presidente: Jair Bonow (PP)

* Cultura:
- Presidente: Anderson Garcia (PTB)
- Vice-presidente: Carlos Júnior (PSD)

* Serviços Públicos:
- Presidente: Fernanda Miranda (PSOL)
- Vice-presidente: Paulo Coitinho (Cidadania)

* Agricultura e Pesca:
- Presidente: Jair Bonow (PP)
- Vice-presidente: Dila Bandeira (PSDB)

* Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento:
- Presidente: Paulo Rogério dos Santos (PSDB)
- Vice-presidente: Rafael Dutra, o Barriga (PTB)

* Segurança:
- Presidente: José Sizenando (DEM)
- Vice-presidente: Cristina Oliveira (PDT)

* Direitos Humanos:
- Presidente: César Brizolara, o Cesinha (PSB)
- Vice-presidente: Miriam Marroni (PT)

Outras Comissões estão por vir 

Nos próximos dias, a Câmara de Vereadores de Pelotas deve dar início ao processo de criação de outras quatro comissões, nas áreas de Proteção Animal, Esporte, Habitação e em Defesa das Pessoas com Deficiência e Igualdade.

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados