Editorial

Uma conversa franca e importante

26 de Outubro de 2020 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

A série de entrevistas que o Diário Popular realiza a partir de hoje com os candidatos à Prefeitura de Pelotas, na estreia do estúdio de gravações do Jornal, pretende muito mais do que apenas sabatinar quem deseja sentar na cadeira de prefeito (a) do município pelos próximos quatro anos. A ideia da conversa é focar em você, eleitor e morador da cidade, aquele para quem o(a) eleito(a) terá a responsabilidade de conduzir políticas públicas de qualidade e realistas.
Caso algum dos 11 candidatos ainda não tenha percebido, a pesquisa divulgada pelo Diário Popular na edição de fim de semana trouxe um recado pesado. Realizado pelo Instituto Pesquisas de Opinião (IPO), que foi às ruas para ouvir a comunidade, o levantamento apontou, além da indecisão de 37,8% dos eleitores sobre em quem votar no dia 15 de novembro, um percentual de 33,5% desinteressados no pleito 2020, o pior indicador em 24 anos de monitoramento do comportamento do cidadão, às vésperas de ir às urnas, segundo o IPO.
Para a diretora do Instituto, Elis Radmann, o fenômeno que leva a tanto desinteresse explica-se por uma 'tempestade perfeita': individualismo, cansaço das redes sociais, aumento da negação da política e outros ingredientes que chegaram junto com a pandemia, como instabilidade emocional, incertezas, medo, perda de emprego e falta de perspectivas.
É esse o público _ três a cada dez - que os candidatos precisam se dirigir e convencer que não necessariamente se faz política ruim como um todo. Afinal, ninguém vive sem política e nenhuma política sobrevive, por muito tempo, sem o apoio do povo.
Por isso, as lives realizadas a partir de hoje pelo Diário Popular serão uma boa oportunidade de tentar passar uma imagem autêntica e sincera aos eleitores. Ao vivo, sem cortes e montagens, a conversa irá fluir sobre aquilo que mais interessa a todos: Pelotas e como cada um pretende torná-la melhor para seus 343 mil moradores.


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados