Análise

Tentei resistir

Buscar outra pauta, olhar por outro ângulo, encontrar outro viés

27 de Junho de 2013 - 08h59 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Taciane Corrêa

Sinceramente tentei resistir

Buscar outra pauta, olhar por outro ângulo, encontrar outro viés

Confesso, queria mesmo era fechar os olhos, era fugir desta realidade

Não encarar verdadeiramente o meu país

Mas a movimentação de mais de dez mil pelotenses me fez mudar de ideia

Considero o protesto legítimo, justo e todavia necessário

Porém, questiono a forma

Violência, depredação, falta de bom senso e de cidadania não levam a lugar algum

Quando agimos assim como bárbaros retrocedemos, perdemos a razão, colocamos pelo ralo a causa de mais de 190 milhões de brasileiros

Igualamos-nos aos corruptos e aos desonestos que estamos criticando

Mas ao sentir a vibração da população organizada e politizada invadindo a rua

Sintonizada fazendo ola pela educação, pela saúde e pela segurança

Meu coração se encheu de esperança

Quando jovens enrolados na bandeira do Brasil entram na prefeitura para levar suas reivindicações

Quando li o cartaz “Desculpe o transtorno estamos em progresso” me enchi de orgulho

Quando vi aquela imagem surreal de adolescentes limpando a parede da prefeitura que foi pichada em meio ao protesto

Paralisei e confirmei: existe uma esperança, podemos reverter esta realidade

Precisamos apenas ser organizados para reivindicar nossos direitos

Sem violência! Sem vandalismo!

De forma pacífica, educada e respeitosa

Respeitosa com o outro, com as diferenças

Com a nossa cidade, com o nosso patrimônio público

Com a nossa história, com as nossas verdades e com os nossos valores

Continuemos na luta por uma política íntegra

Por um transporte público de qualidade

Por uma educação de verdade

Por uma saúde que cuide do ser humano e não o maltrate

Por segurança

Por um país digno de se viver

Vá para rua, mas não quebre as janelas da prefeitura

Vá para rua, mas não piche para os outros terem que limpar

Não quebre, não destrua, não roube, não coloque fogo

Não gere conflito, não desestimule quem quer uma mudança de verdade

Não desiluda quem acredita no Brasil

Seja um exemplo de cidadania e de consciência.

Ame o Brasil! Ame Pelotas!


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados