Editorial

O Lobo tem um calendário

02 de Novembro de 2019 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

O Esporte Clube Pelotas tem um calendário de futebol para 2020. E nada pode ser mais importante para a torcida áureo-cerúlea do que voltar a contar com uma agenda de quase 12 meses, com jogos pelo Campeonato Gaúcho, de janeiro a abril, e pelo Campeonato Brasileiro, de maio até novembro - para os times que forem mais longe.

A conquista da vaga para disputar a Série D ano que vem, de forma antecipada, dá ao time aquilo que o torcedor vem esperando há vários anos. A oportunidade de ir a campo com muitos mais frequência, torcer por seu clube e de sonhar, por que não, com novas façanhas.

E para o clube, será a chance de projetar dias melhores na parte financeira. Afinal, sem jogar, como tentar convencer o torcedor, as famílias áureo-cerúleas, de que vale a pena se associar, manter em dia "o carnê", comprar a camisa, viver o dia a dia do Lobo? Com mais recursos e chances de patrocínio, vem junto a possibilidade ainda de montar um time mais competitivo.

Ganha, da mesma forma, o município. Projeta-se através do futebol, assim como aconteceu com o Brasil, quando obteve o acesso à Série B, conseguiu se manter, passou a viajar pelo país e a ter seus jogos transmitidos pela TV.

A organização para 2020, a partir de agora, é fundamental ao Pelotas. Se realmente quer fazer um bom campeonato, deve apostar naquilo que deu certo até aqui e investir nas melhorias necessárias. Mas isso fica por conta dos dirigentes, com capacidade para analisar tais cenários e tomar as decisões corretas. Já vem fazendo um grande trabalho. Por isso, o apoio de todos e a reaproximação do torcedor são necessários. É hora das arquibancadas da Boca do Lobo voltarem a vibrar.


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados