Artigo

O lado ruim de ver sempre o lado bom!

09 de Dezembro de 2019 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Magda Brum

É sabido que cada vez mais ser positivo é relevante para uma vida com mais realizações. Ter um olhar menos crítico, menos negativo, com mais positividade diante das oportunidades ou das dificuldades que a vida nos apresenta faz toda a diferença no nosso dia a dia.

Mas existem algumas exceções que precisam ser avaliadas com cuidado. 

Há um perigo em ser positivo demasiadamente, em sempre ver o lado bom de tudo. Quem sempre olha assim, acaba não olhando no detalhe. Claro que ser negativo, pessimista, não é nada saudável e muito menos produtivo.

Mas pensa comigo, tudo sempre vai ter um lado bom.

Se alguém te convidar para sair, vai ter o lado bom. Se te fazem uma nova proposta de trabalho, vai ter um lado bom.

Um novo relacionamento, sempre tem muitos lados bons. Iniciar um novo projeto, participar de atividades em grupo, de instituições de caridade, grupos de estudo, sempre terão um lado bom.

O que precisamos lembrar é que tudo também sempre terá o lado ruim.

E se eu, na ânsia de ser positivo, acabo olhando sempre pelo lado bom, posso começar a colocar tarefas demais na minha vida, e com o tempo estar gastando muita energia em coisas pouco relevantes para mim ou para o meu momento específico, e vou deixando de lado o mais importante.

Existe ainda um perigo ainda maior, o de se conformar com a escassez, com o não conseguir, com o não atingir meta, não cumprir prazos, não terminar projetos.

Algumas pessoas, sempre que algo não sai como planejado, só olham o lado bom e acabam se conformando, alegando pra si mesmo, como desculpa, que não era pra ser, não era a hora.

E talvez não seja mesmo!

Mas a pergunta que você se deve fazer neste momento para não cair no perigo da conformidade, é, então agora é a hora de quê?

Pode não ser a hora do que você planejou, mas é a hora de alguma coisa, pois se você não se mantiver em movimento, como vai evoluir, crescer e atingir seus objetivos?

Por maior ou menor que sejam suas metas, seus sonhos, a única coisa que é certa é que você precisa se movimentar.

Então, o lado ruim de ver o lado bom de tudo é que você alimenta um autossabotador que te protege de se sentir fracassado ou frustrado.

Agora, quando você permanece positivo, olhando a vida com mais oportunidades do que com dificuldades, mas toda vez que pensar em dizer sim ou que algo não sair conforme você planejou, você coloca seu foco em seus objetivos reais e relevantes, não se permite ficar estático sem estar em movimento, e se pergunta qual é o lado ruim disso?

Se não é a hora disso, do que seria?

Por isso é importante que você seja um eterno inconformado, somente um inconformado pode mudar a sua realidade e chegar nos mais altos patamares de realização e felicidade.

Mas não adianta ser um inconformado qualquer, é necessário ser um inconformado positivo. Precisa ser um inconformado que quer melhorar o padrão de sua vida, que quer melhorar o mundo em que vive, que quer melhorar a empresa onde trabalha ou o trabalho que realiza. Este é sem dúvida o tipo de inconformado que tem chances de construir uma realidade melhor. O inconformado que vive reclamando, põe a culpa de tudo nos outros ou nas circunstâncias, que não se arrisca, que critica a abundância e prosperidade alheia é alguém que põe um ponto final na possibilidade de ser feliz, de ter uma vida repleta de conquistas, alegria e experiências extraordinárias.

Se você acredita que a vida que você tem hoje, é tudo que você merece, que você não poder fazer mais nada para mudar isso, você precisa começar a ver o lado ruim de ver sempre o lado bom!


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados