Artigo

Marketing Para O Agronegócio: O Guia Completo - Parte 3

23 de Outubro de 2019 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Ricardo Vinhas, consultor empresarial
ricardo@k2ponto.com.br

Na semana passada, analisamos a identificação dos nichos a ser explorados. Hoje, veremos como investir nos dados certos.

Capítulo 3: Investindo nos dados certos

A execução do marketing para o agronegócio requer dados e informações para a segmentação do público-alvo. Dados ruins resultam em perda de dinheiro, em vez de retorno do investimento. Aqui estão algumas maneiras de garantir o investimento nos dados certos. Como determinar se os dados são de alta qualidade
Os provedores de dados agrícolas de alta qualidade testam seus resultados em diversas fontes (idealmente, fazendo referências cruzadas de fontes públicas e privadas). Mesmo que um provedor afirme dispor de várias fontes, é importante olhar além dos números e se perguntar:

- De onde vieram os dados?
- Com que frequência eles são atualizados?
- Qual processo é usado para atualizá-los?

Por exemplo, se um provedor usa pesquisas para coletar seus dados, isso é um problema, uma vez que...

 As pesquisas ocasionam relatórios imprecisos (tanto para mais quanto para menos) por causa dos incentivos associados a eles.
 As pesquisas estão sujeitas ao viés de seleção, pois apenas os interessados participam, o que leva a um número distorcido e limitado de entrevistados.

Se você encontrar uma empresa que forneça dados com ampla cobertura e precisão, adquiridos de várias fontes testáveis, e que ofereça resultados de estratégia, marketing e vendas para o seu negócio, fique tranquilo: você está diante de um provedor de dados agrícolas de alta qualidade.

Segmentação do seu público-alvo

Em vez de espalhar sua mensagem e esperar que a pessoa certa tropece nela, vocêpode construir o público perfeito e vender para ele. O seu objetivo final sempre será a receita. Por isso, todos os passos dados em estratégia, marketing e vendas devem aproximá-lo da receita ideal. Dê uma olhada nos produtos e serviços que você oferece. Depois analise seus números. E então pergunte a si mesmo:

- Qual é o melhor público para chegar a esse número comprando meus produtos
e serviços?
- Quem se beneficiará mais com o que estou oferecendo?

Dados demográficos do seu público-alvo ideal

Analise o público-alvo ideal que você determinou na seção anterior e torne-o mais concreto, atribuindo dados demográficos específicos a ele:

- Tipo de cultura / padrão de rotação
- Renda bruta da fazenda
- Número de hectares cultivados
- Especialidade X commodity
- Localização geográfica
- Número de campos agrícolas individuais operados
- Quantidade de terras possuídas, não apenas operadas.

Crie suas listas de possíveis clientes com base nesses demográficos

Use os demográficos para orientar seus esforços de pesquisa de clientes em potencial. Aqui estão alguns dos benefícios tangíveis que você obtém com o marketing guiado por dados:

 Quando você segmenta produtores com base em critérios objetivos para identificar os mais adequados, o tamanho do seu público-alvo diminui, mas a porcentagem de clientes prováveis aumenta.
 Usando dados para entender o contexto em torno da operação do produtor, você pode se comunicar diretamente com as necessidades dele e oferecer a solução que o ajuda a melhorar o dia-a-dia.
 Usando informações confiáveis e atualizadas, você pode segmentar os produtores em grupos e fornecer comunicações direcionadas (e-mail, mala direta, anúncios digitais e redes sociais) diretamente a eles.

Na semana que vem, publicaremos o quarto e último artigo da série, sobre as táticas de marketing que funcionam para o agronegócio.

Leia também:

Marketing Para O Agronegócio: O Guia Completo - Parte 1
Marketing Para O Agronegócio: O Guia Completo - Parte 2


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados