Artigo

"Eu e minha casa serviremos ao Senhor"

17 de Outubro de 2019 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Maria Eulalie Mello Fernandes

Começando a escrever e lembrando que na noite de hoje sempre juntos falávamos sobre a graça imensa de Deus ter escolhido a nossa casa para fazer tantos milagres!

Pensando em quando nós dois rabiscamos num papel como desejaríamos que fosse nossa tão sonhada casa! Inspirados no profeta Josué, que diz: "Eu e minha casa serviremos ao Senhor", começamos a traçar uma sala grande... muito grande... sem paredes... com arcos... para acolher muitas pessoas nas promoções para ajudar os que mais precisam... Sala muito grande para receber os jovens do Movimento de Emaús com amor e a alegria dos pais quando os filhos chegam... abraços e beijos e todos são lindos!

Tudo o que rezamos para acontecer, Deus nos deu muito mais... muitas obras para cuidar... muitos pobres a alimentar... muitas crianças a vestir... muitos bebês esperando enxovais para não serem embrulhados em jornais... muitos especiais para serem amados!

Recebemos muitas graças... muitas efusões do Santo Espírito para responder a todos os chamados...

Como tão bem me disseste nas últimas palavras, que não sabia que seriam as últimas... "Nestes 50 anos nunca dissemos não a Deus". "Construímos uma linda família..."

Sou um filho muito amado de Deus!

Certamente com estas linhas já teria te lido para enriqueceres o que meu coração em Deus sempre escreveu! Tua resposta sempre a mesma... lindo, tudo que é de Deus e para Deus sempre é muito bonito!

Hoje, com tua presença não mais física, mas gloriosa, sinto tua alegria na Campanha do Bouquet do Amor repetindo todos os anos: "Hoje é o dia mais lindo de nossa casa, as paredes brancas se tornam coloridas" - Esses fios tricotados por mãos abençoadas se transformam em roupas que vão agasalhar crianças e velhinhos!

Nossa Casa, construída sobre a Rocha, servirá sempre o Senhor! Nossos filhos e netos unidos fortemente em Deus, nossos amigos me pegam no colo, nossos conhecidos me abraçam... os sacerdotes me abençoam com palavras ternas que me ajudam fazendo de cada momento um sacramento... Os Fernandes... ah... como me amam!

Todos mostrando que estás presente em cada um e todos têm muito de ti! Na rua, pessoas que me pareciam desconhecidas me acarinham.

E vivo a oração do Pai-Nosso, sentindo em cada um meu irmão!

Mais uma Campanha do Bouquet do Amor se encerra - mais uma Pesca Milagrosa!

E isto acontece porque existem muitos Pedros homens, mulheres e crianças, que obedientes à Palavra do Cristo lançam as redes no Mar Negro! Talvez alguns tenham atirado as redes nas noites escuras de suas vidas e nada tenham pescado - mas hoje fazem a experiência da obediência e da confiança e lançam as redes que vão arrebentar não por suas forças, mas pela generosidade de seus corações e pela Graça e Misericórdia de Deus!

Tua pergunta era certa: Quantas crianças já foram agasalhadas? Teu último cálculo: 150 mil crianças!

As obras de Deus continuam... Gabriel faz o cálculo. Júnior e André enchendo as redes... Clóvis proclama o Evangelho da Pesca Milagrosa... os jovens de Emaús farão a dramatização... Eu com tua presença gloriosa... sentindo que nosso amor cresce cada vez mais, aprendo a viver uma nova vida com mais fé, mais esperança e mais caridade! As lágrimas ainda não secaram.

Mas aprendi que são a maior expressão do amor! Jesus e Maria choraram na cruz!

As saudades são muitas, mas a fé é maior!

Te agradeço por teres me levado a Jesus; se foi bom na vida, é essencial na despedida... Vivo a Palavra do profeta Josué;

"Eu e minha casa serviremos ao Senhor", como sempre viveste e vives do céu!


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados