Comentário

Behrensdorf de Brasília

Na coluna do CEBehrensdorf desta quinta-feira (28), confira as crônicas enviadas diretamente da capital federal. E-mail: cebehrensdorf@uol.com.br

28 de Março de 2013 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Modernos
A construção civil está em ebulição na Ilha de São Luís. Enquanto a manutenção do Centro Histórico é lenta, nos bairros vê-se o surgimento de um novo skyline.

Preços
Os novos prédios vão de dez a 15 andares com traçado moderno. Os preços dos imóveis dispararam como sempre ocorre em situações como essa.

Bombando
Na orla marítima os apartamentos das edificações mais luxuosas já ultrapassaram a casa dos R$ 2,5 milhões, R$ 3 milhões. O que chama a atenção: pretendentes não faltam.

Poluição
As praias do litoral Norte pagam outro preço: esgotos não tratados e dezenas de navios permanentemente em fila para carga e descarga no porto de Itaqui poluem diariamente.

Caminhada
Ponta da Areia, São Marcos, Calhau, Caolho e Olho d’Água são consideradas impróprias. Sem problema, só Araçagi. De qualquer maneira, com a maré baixa vale a caminhada.

Na Educação
O mar não “tá pra peixe”. O exame da OAB “vem, sucessivamente, tendo índices preocupantes de reprovação”. Quem diz é Marcos Macieira, presidente da OAB/Maranhão.

Selo
Das 14 instituições que oferecem o curso de Direito no Estado, apenas três possuem o selo OAB Recomenda: duas públicas e uma particular.

Constatação
O insucesso dos alunos não se dá apenas no exame da OAB. O aluno não consegue passar em concursos para a área por não ter o domínio do conhecimento específico.

Oficial
No ano passado o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) contabilizou a libertação de 2.094 trabalhadores em regime de escravidão. No Maranhão oito fazendas foram autuadas.


Comentários