Instantâneos

A mudança a partir da dor

Todos querem reconhecer em sua cidade um local em que a possibilidade de viver em paz e feliz é maior do que a de viver amedrontado

24 de Abril de 2013 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Márcio Madureira, colaborador

Os familiares e amigos de Rodrigo Xavier, que morreu estupidamente há cerca de uma semana, vítima de armamento policial, querem transformar a dor em ação por um mundo melhor. Na madrugada desta quinta-feira, vigília no local do crime, às 4h30min, e missa na Catedral São Francisco de Paula, às 7h, marcam o protesto pacífico por mais segurança.

Todos querem justiça para o caso. Mas mais do que isso: todos querem se sentir menos inseguros. Querem reconhecer em sua cidade um local em que a possibilidade de viver em paz e feliz é maior do que a de viver amedrontado. E parece que se há algo de comum a todos os membros de nossa sociedade, sabidamente doente, é justamente o medo. O medo que diariamente, com novos requintes, assume novas formas, novas expressões. Terríveis! Para acabar com este medo, vamos nos unir todos com os familiares e amigos de Rodrigo. Todos de branco. Todos pela paz. Todos unidos pela dor para transformar as relações!


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados