Estilo

No limite!

05 de Outubro de 2019 - 05h00 Corrigir A + A -

Thais Russomano

A falta de tempo. A correria cotidiana. A enxurrada de notícias. O dinamismo da comunicação. A constante invasão de clicks e links. É a vida sendo vivida no seu limite máximo - algo que estressa, exaure, angustia, amedronta, enquanto se mostra necessária, imperativa, indispensável.
Foi essa constatação, de que vivemos submersos numa vida frenética de afazeres, compromissos e planos, que inspirou artistas e cientistas do Instituto de Psicologia, Psiquiatria e Neurociências do King's College de Londres a criar a nova exposição da Science Gallery, uma galeria-café situada ao pé da estação de trem e metrô de London Bridge - a entrada é gratuita e essa exibição estará disponível para visitação até 19 de janeiro de 2020.
Intitulada On Edge - Living in an Age of Anxiety, ela explora as mais diversas formas de expressão de ansiedade, muitas vezes sendo extrema e limítrofe, outras vezes assumindo uma apresentação discreta e sorrateira. No entanto, seja qual for a maneira pela qual a ansiedade se insere em nossa existência, ela está (sempre!) inegavelmente presente na sociedade contemporânea, dominando cada um de nós, com força suficiente para desenhar nosso trajeto diário e moldar nossos planos.
A exibição apresenta e discute esse tema, através da união da arte, do design, da psicologia e da neurociência. Filmes, desenhos, pinturas, textos, sons e músicas resumem as causas da ansiedade, incluindo os mecanismos neuropsíquicos envolvidos em sua origem e as respostas fisiológicas humanas ao estresse da vida diária.
On Edge é, assim, uma imersão contundente, verdadeira de como a ansiedade tem o poder de envenenar nosso corpo e nossa mente!

Comentários Comente

REDES SOCIAIS

Diário Popular - Todos os direitos reservados