Surpresa

Espanha demite técnico a dois dias de estreia na Copa do Mundo

Os dirigentes da federação se irritaram com o anúncio de que Julen Lopetegui será o substituto de Zinedine Zidane no Real Madrid

13 de Junho de 2018 - 09h33 Corrigir A + A -

Por: Folha Press

Atualizada às 15h10min

A seleção espanhola está sem treinador a dois dias da estreia na Copa do Mundo. O presidente da federação do país, Luis Rubiales, demitiu nesta quarta-feira (13) o técnico Julen Lopetegui. O novo treinador será Fernando Hierro, ex-jogador e assistente técnico do Real Madrid. A estreia da Fúria será contra Portugal, nesta sexta-feira, em Sochi.

Os dirigentes da federação se irritaram com o anúncio feito nesta terça (12) pelo Real Madrid, em sua conta no Twitter, de que Lopetegui será o substituto de Zinedine Zidane no comando do time.

"A negociação é legítima, mas a forma é importante. A federação não sabia de nada e temos de passar uma mensagem para todos os funcionários", disse Rubiales. Apesar de dizer que não se sentia traído pelo treinador e de ter evitado críticas ao Real Madrid, a reação do presidente mostrou o tamanho da irritação com o anúncio sem o conhecimento dos cartolas.

"O que a seleção conseguir daqui por diante será também por causa de Lopetegui, mas a seleção é de todos os espanhóis", completou. A Espanha chegou à Rússia como uma das favoritas ao título. "Eu gostaria que as coisas fossem de outra maneira, mas a federação tem valores", justificou o presidente.

Veteranos
Os jogadores mais veteranos da seleção espanhola tentaram manter Julen Lopetegui como treinador. Não achavam ser o momento de mudança, a dois dias da estreia da seleção na Copa do Mundo. Mas o presidente Rubiales, não lhes deu atenção e se livrou do técnico mesmo assim.

Sergio Ramos, Anders Iniesta, David Silva, Gerard Piqué, Sergio Busquets e Pepe Reina conversaram com o dirigente e solicitaram que ele deixasse o orgulho de lado e não fizesse uma mudança tão importante na comissão técnica.

Em despedida na Rússia, Lopetegui lamentou a decisão da Federação Espanhola. Em conversa rápida com jornalistas, o técnico se mostrou chateado, mas confiante de que a Espanha tem grandes chances de vencer o Mundial. "Estou muito triste, mas desejando que joguemos uma magnífica Copa e ganhemos. "
"Temos uma equipe magnífica e espero que consiga vencer o Mundial", disse brevemente Lopetegui, antes de tomar o primeiro voo para Moscou, e consequentemente voltar à Espanha.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados