Divisão de Acesso

Pelotas acerta últimos detalhes

Paulo Porto prepara o Lobo para a partida de ida das quartas de final da Divisão de Acesso

15 de Maio de 2018 - 20h40 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Time áureo-cerúleo treina forte na Boca do Lobo (Foto: Tales Leal/ECP)

Time áureo-cerúleo treina forte na Boca do Lobo (Foto: Tales Leal/ECP)

A poucos dias de encarar o primeiro mata-mata da Divisão de Acesso, o técnico Paulo Porto acerta os últimos detalhes do time áureo-cerúleo. Sem Felipe Chaves e Germano, o comandante deve apostar em jogadores com as mesmas características para enfrentar o Esportivo, no próximo domingo, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.

Com a ausência quase certa de Germano, entregue ao departamento médico, Ton surge como principal candidato à vaga no meio-campo. Ele foi o escolhido de Paulo Porto no treinamento tático da tarde desta terça-feira (15), na Boca do Lobo, para atuar ao lado de Carlão Moraes. Na defesa, Carlão Farias foi utilizado na vaga de Felipe Chaves, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

As ausências no trabalho em campo reduzido foram o centroavante Giancarlo e o atacante Hugo Sanches, que foram substituídos respectivamente por Giovane Gomes e Jarro. Giancarlo, que se recupera de uma contratura na panturrilha, apenas correu ao redor do gramado, mas não preocupa para domingo. Já Hugo ficou fora devido a um problema estomacal e também não é problema para a decisão em Bento Gonçalves.

O time titular no treino teve Giovani; Adriano Lara, Dão, Carlão Farias e Juliano Tatto; Carlão Moraes, Ton, Jarro, Jean Roberto e Gustavo Xuxa; Giovane Gomes.

Agora é valendo
Passada a fase classificatória, o Pelotas já vive a ansiedade para o primeiro mata-mata da Divisão de Acesso. "A ansiedade é muito grande, mas é o momento que nós estávamos esperando, que nós nos preparamos desde janeiro. Agora é concentração total, é foco. Temos que trabalhar os detalhes e estudar bem o adversário para não sermos surpreendidos lá na Montanha dos Vinhedos", comentou o lateral esquerdo Juliano Tatto, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (15), na Boca do Lobo.

Segundo o jogador, esse tempo sem jogos foi bom para o grupo áureo-cerúleo minimizar os erros, principalmente longe de casa. "Fizemos bons jogos durante todo o campeonato, tivemos dois que destoaram, contra Inter-SM e Guarani-VA, mas no geral fizemos bons jogos, inclusive fora de casa. Sabemos que somos fortes dentro de casa, os números mostram isso, ganhamos os sete jogos, mas também sabemos que precisamos melhorar um pouco fora e esse é o momento. Sem dúvida nenhuma se conquistarmos uma vitória fora, teremos uma tranquilidade muito maior para aqui dentro, onde somos fortes, para buscar essa classificação para a semifinal", finalizou Tatto.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados