Negócios

Direção da Gefco visita área da futura sede em Rio Grande

Entre obras de construção civil e equipamentos, a empresa investirá cerca de R$ 20 milhões

08 de Maio de 2018 - 16h07 Corrigir A + A -
No início da operação, previsto para ocorrer em até três meses, cerca de 50 empregos diretos serão criados. (Foto: Divulgação)

No início da operação, previsto para ocorrer em até três meses, cerca de 50 empregos diretos serão criados. (Foto: Divulgação)

O presidente da Gefco do Brasil para a América Latina, Patrick Bobaly, visitou nesta terça-feira (8) as obras da futura sede da empresa em Rio Grande. O deputado estadual Fábio Branco, que foi o articulador da instalação do grupo no Estado, acompanhou os executivos.

No Rio Grande do Sul, a Gefco instalará uma plataforma logística integrada, com foco no segmento automotivo. Além de Rio Grande, Guaíba e São Borja contarão com sedes do grupo.

Entre obras de construção civil e equipamentos, a Gefco investirá em Rio Grande cerca de R$ 20 milhões. No início da operação, previsto para ocorrer em até três meses, cerca de 50 empregos diretos serão criados. Em uma segunda fase, são previstas outras 120 vagas.

A sede da Gefco em Rio Grande ocupará uma área de 13 hectares no Setor 1 do Distrito Industrial, no espaço da antiga Zona de Processamento de Exportação (ZPE), na Barra.

"Essa é uma área que estava ociosa, com as instalações sendo depredadas por vândalos e que, a partir da ação do governo do Estado, volta a contribuir para o desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda em Rio Grande", afirma o deputado Fábio Branco.

Durante a visita, Patrick Bobaly afirmou que as instalações no Rio Grande do Sul são consideradas estratégicas, pois permitem ao grupo oferecer aos clientes operações integradas de importação e exportação. Patrick também reconheceu a importância do deputado Fábio no processo, durante o período em que ocupou ele a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

"O deputado Fábio, na época secretário de desenvolvimento econômico, teve um papel fundamental. A equipe dele trabalhou conosco analisando situações e removendo obstáculos para que pudéssemos nos instalar no Estado. Em particular, no caso de Rio Grande, foi uma insistência muito grande do Fábio, que nos pediu para visitar o porto. Ao demonstrar o potencial daqui, foi determinante para a nossa instalação na cidade", afirmou o presidente da empresa.

Presenças
Além de lideranças econômicas da cidade, acompanharam a visita o superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco, que também teve papel decisivo no processo; o vice-prefeito Paulo Renato Mattos Gomes, e os vereadores Laurinha, Charles Saraiva, Júlio César, Filipe Branco e Vavá, todos do MDB.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados