Evento

Produção de chocolates ganha vitrine especial

Lançamento oficial será no dia 15 de março às 19h, no próprio Museu

13 de Fevereiro de 2018 - 10h00 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

O chocolate será o tema dentro de variada programação (Foto: Gabriel Huth - DP)

O chocolate será o tema dentro de variada programação (Foto: Gabriel Huth - DP)

Tratando dos insumos ao produto pronto para consumo, a Chocolatec 2018 ocorrerá de 18 a 20 de maio, das 13h às 21h, no Museu do Doce, com espaços privilegiados para expositores, palestras, worshops e rodada de negócios, mas também aberta ao público. O lançamento oficial será no dia 15 de março às 19h, no próprio Museu.

O principal objetivo desta primeira edição, lembra a chocolatier Suelen Franco, é ampliar a qualificação dos profissionais que trabalham com chocolate em Pelotas - cerca de 300, segundo sua estimativa. A ideia é tratar o chocolate como produto gastronômico, também com oficinas de harmonização com bebidas como vinhos, adianta Suelen, que tem a marca própria de chocolates, que comercializa em sua loja.

Um dos destaques da Chocolatec 2018 será a presença do empresário Henrique Almeida, de Ilhéus, na Bahia, proprietário da Fazenda Sagarana - Chocolate de Origem.Almeida é reconhecido por seu trabalho desde o plantio do cacau, que depois é usado para a produção do próprio chocolate.

Para a formatação do evento, trabalha a produtora Theia Bender, com experência em promoções similares. “Ela acreditou no meu sonho, na minha ideia”, explica Suelen, que viajará nesta semana para Matinhos, no Paraná, onde falará sobre os benefícios do chocolate para saúde, em evento anual daquela cidade.

O custo para a participação dos expositores na Chocolatec 2018 está definido entre R$ 500,00 e R$ 3 mil, o que dependerá do tamanho e da localização do espaço escolhido. Com decoração diferenciada e qualificada, cada espaço será caracterizada pelo ocupante. Mais informações são otidas através do e-mail chocolatecpelotas@gmail.com ou pelos telefones 99911-3067 e 99975-4624.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados