Quebra-cabeça

Dúvidas ofensivas

Com retorno de Rafinha e ausência de Lincom, Clemer deverá promover novas mudanças na equipe titular

13 de Setembro de 2017 - 15h35 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Treinador xavante tem oito opções para seis vagas diante do CRB (Foto: Jô Folha - DP)

Treinador xavante tem oito opções para seis vagas diante do CRB (Foto: Jô Folha - DP)

Oito jogadores para seis vagas. Este é o quebra-cabeça que o técnico Clemer irá montar até o sábado quando o Brasil recebe o CRB, às 16h30min, no estádio Bento Freitas pela 24ª rodada da Série B. As opções são três: o treinador xavante irá manter os três volantes, poderá manter o centroavante ou irá montar o time com um armador e um falso 9.

A dúvida mais complexa é mexer ou não no tripé de volantes que teve boa atuação, outra vez, quando atuou junto. Leandro Leite, João Afonso e Itaqui corresponderam quando entraram em campo juntos. Porém, ambas as partidas foram longe do Bento Freitas. Em casa, Rafinha, que retorna de lesão, sempre foi o escolhido para ser o armador do time. Caso o camisa 10 retorne, Leite e João Afonso brigam por uma vaga. A vantagem é do segundo.

Mais à frente Rodrigo Silva seria o substituto natural de Lincom no ataque. Mas o centroavante não vem correspondendo durante a temporada. Um gol em dez jogos na Série B. A alternativa mais viável é Cassiano atuando na referência. Mesmo não sendo sua posição preferida, o próprio atleta revelou que gosta mais de jogar pelo lado do campo, ele já jogou assim em outras equipes. Com característica diferente de Lincom daria mais mobilidade ofensiva e matéria à estatura.

Em treinos durante o pouco mais de um mês e meio que Clemer está na Baixada, Juninho chegou a trabalhar como falso 9. Assim como Rafinha, jogou por ali com Rogério Zimmermann. Duas opções que não estão destacadas. Ambos podem permanecer na equipe, caso o treinador opte por Rafinha na função e mantenha Juninho na ponta direita.

Dos oitos atletas, Marcinho e Itaqui são os únicos que não correm risco de perder a posição na equipe titular.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados