Futebol

Cinco semanas de atividades

Robert Recart avalia o trabalho e a preparação física do Pelotas para a copa do segundo semestre

12 de Agosto de 2017 - 17h07 Corrigir A + A -

Por: Sérgio Cabral
cabral@diariopopular.com.br 

Professor prepara o grupo para a estreia no domingo (Foto: Tales Leal - Especial - DP)

Professor prepara o grupo para a estreia no domingo (Foto: Tales Leal - Especial - DP)

A modernidade no futebol avança cada vez mais devido ao alto rendimento dos profissionais. A intensidade dos trabalhos também precisa evoluir muito e assim o Pelotas tem procurado dar o ritmo neste recomeço de treinos e preparação física, após a formação do novo grupo para a disputa da Copa Paulo Sant'Ana no segundo semestre.

Recart, que atua por muitos anos no azul e ouro, passou pela base e depois pelo profissional - há duas temporadas -, está trabalhando com uma equipe totalmente nova, grupo que se encontrou há pouco, mas destaca o comprometimento e a força de todos. "Todos os jogadores estão com muita vontade de trabalhar. Treinos físicos, táticos e técnicos são realizados em conjunto com o treinador Thiago Gomes, comigo e com os auxiliares. A motivação é total neste começo de trabalho. Todos integrados, com GPS para controlar a distância diária percorrida nos treinamentos", disse o professor Recart.

Na sexta-feira pela manhã, o trabalho foi realizado com muita chuva. "Mais um teste para o grupo e todos foram bem no trabalho. A competição é curta e pode ocorrer tempo ruim também", destaca.     
Este domingo dos pais será de folga na Avenida, mas na segunda-feira, às 15h, se reinicia a preparação para o jogo diante do Guarany de Bagé, no próximo domingo, na Boca do Lobo. Neste sábado (12), todos realizam trabalho na academia. "Realizamos um planejamento e tudo está sendo realizado. Nada mudou com o resultado negativo contra o Cruzeiro e a preparação contra o Farroupilha. Bons testes para o próximo desafio", acredita Recart.    

PSE também
A semana se encerrou com preparação de alto rendimento, quando foi apresentado o questionário diário de avalição e com Percepção Subjetiva de Esforço (PSE) para conferir o índice de cada atleta. "Estamos trabalhando com todos os métodos adequados e com equipamentos que nos deixam informados com o máximo de segurança de cada jogador. Isso é bom para o andamento do trabalho de todos", encerrou Roberto.


Comentários


REDES SOCIAIS

Diário Popular - Todos os direitos reservados