Pandemia

Vacinação contra Covid-19 em crianças será com agendamento

Companhia de Informática de Pelotas (Coinpel), criou um sistema que permitirá a escolha do dia para a imunização

16 de Janeiro de 2022 - 22h33 Corrigir A + A -
 A vacina  da Pfizer tem concentração e frasco diferenciados da aplicada em adultos  (Foto: Geovana Albuquerque - Agência Saúde Df - especial  DP)

A vacina da Pfizer tem concentração e frasco diferenciados da aplicada em adultos (Foto: Geovana Albuquerque - Agência Saúde Df - especial DP)

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos, anunciada pelo Estado para se iniciar, em todo o território gaúcho, na quarta-feira (19), será feita, em Pelotas, mediante agendamento. A Prefeitura, por meio da Companhia de Informática de Pelotas (Coinpel), criou um sistema que permitirá aos pais ou responsáveis a escolha do dia e horário para a imunização da criança. Independentemente do recurso, a Secretaria de Saúde (SMS) informa que a marcação poderá ser feita em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS).

Pelotas ainda aguarda a nota técnica do Estado, com orientações, mas antecipa que, de acordo com as informações que têm sido veiculadas, a vacinação deverá se iniciar por crianças com comorbidades, seguidas das que têm deficiência para, depois, passar ao critério de faixa etária.

A secretária Roberta explica que o processo de vacinação evoluirá conforme a disponibilidade de vacinas. “O quantitativo recebido será lançado no sistema. Com o número informado, a própria ferramenta calculará para quantos dias terá o imunizante garantido. Cada nova remessa será lançada e o cronograma irá avançando, de acordo com as doses disponíveis”, esclarece.

O horário de vacinação ainda não está definido, nem o número de crianças que poderão ser atendidas a cada meia hora – base para o cálculo das doses para definição do cronograma de agendamento. A vacina é a da Pfizer, com concentração e frasco diferenciados da aplicada em adultos.

Pelotas confirma que a Unidade Básica de Atendimento Imediato (Ubai) Navegantes, localizada na rua Dona Darci Vargas, 212, será o ponto central de vacinação de crianças. O local conta com infraestrutura adequada e recebeu intervenções específicas para receber o público de 5 a 11 anos. A Prefeitura, à medida que o processo avançar, avaliará a realização de outras ações.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados