Empreendimento

Um novo marco para Pelotas

Para celebrar os dez anos na cidade, Idealiza apresenta novo projeto: empreendimento Torre de São Gonçalo será o edifício mais alto de Pelotas e uma nova referência no mercado imobiliário de alto padrão da região

15 de Novembro de 2019 - 08h15 Corrigir A + A -

01-Parque Una_foto Cristiano BauceO playground holandês marca o conceito criativo do Parque Una (Foto: Cristiano Bouce)

Há dez anos, Pelotas começou a mudar. Em novembro de 2009, a Idealiza Urbanismo chegou e apresentou seu cartão de visitas: o Lagos de São Gonçalo, primeiro condomínio de alto padrão da cidade. O empreendimento revolucionou o mercado imobiliário pelotense, que era completamente diferente do que é hoje, como recorda Ricardo Costa, sócio da Idealiza. "Hoje em dia, quem busca uma casa para morar sempre acaba avaliando o condomínio fechado como primeira opção", afirma. Segundo ele, o paradigma quebrado não foi somente o da qualidade da moradia. "A forma e o profissionalismo de fazer marketing imobiliário e de se relacionar com os canais de venda mudou. O mercado de Pelotas amadureceu junto", garante.

A partir do sucesso que foi o Lagos de São Gonçalo (veja mais adiante), a urbanizadora lançou outros dois condomínios. O Veredas — Altos do Laranjal, que fica do lado de um dos principais cartões postais da cidade, e o Alphaville, em parceria com a Alphaville Urbanismo. Mais recente foi o lançamento do Parque Una, outra revolução: um bairro aberto que traz a Pelotas os conceitos de Novo Urbanismo, estimulando a conexão entre as pessoas e priorizando a qualidade de vida, mas sem perder de vista a excelência nas construções e o conforto entre quatro paredes.

Seja qual for o conceito, o formato e o público do projeto, de uma coisa os sócios da Idealiza Urbanismo não abrem mão: a preservação de um caráter artesanal nos empreendimentos. "Nossas bases são sólidas, mas optamos por um modelo de urbanismo feito à mão, que traz características únicas para o empreendimento, além de um legado para a comunidade", explica Fabiano de Marco, também sócio da Idealiza. Essa receita permite que sejam feitos trabalhos inovadores, criativos e personalizados, em vez das soluções padronizadas que são comuns em outros lugares.

02-Fabiano De Marco_foto Marcel StreicherFabiano de Marco, sócio da Idealiza Urbanismo e Idealiza Verticais (Foto: Marcel Streicher)

Outra característica inegociável é o compromisso com as expectativas dos clientes quanto à qualidade da construção e do acabamento, assim como aos prazos de entrega. As previsões nunca são refeitas e os empreendimentos da Idealiza sempre são entregues na data combinada — ou até antes. Esse padrão só aumenta, pois Ricardo Costa e Fabiano de Marco se associaram, no início do ano, aos engenheiros André Beiler e Lucas Scapin, fundando a Idealiza Verticais, construtora que passou a ser responsável pelas obras dos projetos concebidos pela urbanizadora. "Para nós, pontualidade é uma condição. É muito bom entregar um produto dessa qualidade dentro do prazo previsto", assegura Beiler.

Pensando no marco de dez anos da presença da Idealiza Urbanismo em Pelotas, os sócios decidiram que a melhor maneira de comemorar seria lançando o sétimo empreendimento no Parque Una, que novamente quebra paradigmas na cidade, como aconteceu uma década atrás. Mais adiante, você vai saber mais sobre esse projeto.

Lagos de São Gonçalo inaugurou uma nova tradição na cidade

Lançar um empreendimento inovador é sempre um risco. Como não há referências anteriores, não há como saber ao certo como o público vai receber a novidade. Com o Lagos de São Gonçalo, a Idealiza achou que o desafio valia a pena, apostando que a ideia daria certo mesmo com uma pesquisa de mercado desaconselhando a empreitada. O resultado foi surpreendente: quase todos os 243 terrenos colocados à venda inicialmente foram vendidos ainda no pré-lançamento.

03-Lagos de S?o Gon?alo_foto Fly CameraLagos de São Gonçalo (Foto: Fly Camera - Divulgação)

O condomínio ocupa uma área de 350.000m² em um lugar privilegiado. Próximo ao Canal de São Gonçalo e do lado do Shopping Pelotas, fica a apenas 4 km do centro da cidade e bem perto da Avenida Ferreira Viana, que leva ao Laranjal. Apesar disso, seu diferencial é justamente o fato de que o morador pode desfrutar de uma bela paisagem sem deixar o condomínio. O paisagismo acolhedor garante grande tranquilidade e harmonia, com destaque especial para os espelhos d'água, que ajudam a entender o nome do empreendimento.

Além da beleza, o condomínio traz conveniência. Uma estrutura completa, com piscina, clube, academia, playground, salas para eventos, sala de jogos, quadras esportivas, espaço gourmet, estacionamento, vigilância 24 horas e muito mais. Tudo em um padrão elevado, que não se encontrava em Pelotas até então. Essa foi a experiência que abriu as portas para outros empreendimentos de alto nível que a cidade viria a receber nos anos seguintes.

Parque Una apresenta o Novo Urbanismo a Pelotas

Depois do sucesso do Lagos de São Gonçalo, a semente plantada há dez anos pela Idealiza em Pelotas germinou. Os condomínios fechados de alto padrão se consolidaram na cidade, que alguns anos após recebeu os empreendimentos Veredas e Alphaville. Isso não fez com que os sócios da urbanizadora se acomodassem. Em vez disso, optaram por ousar de novo e lançaram o Parque Una, um bairro planejado e aberto, cuja concepção foi guiada pelos conceitos do Novo Urbanismo.

"O Novo Urbanismo é um movimento que surgiu nos anos 1980, criado por arquitetos e urbanistas que procuraram promover nos Estados Unidos um modelo mais parecido com o de algumas cidades europeias, em que a população é menos dependente de automóveis e as ruas são mais caminháveis", contextualiza Ricardo Costa. Essas ideias se manifestam em vizinhanças densas, com espaços públicos de qualidade, que convidam as pessoas a circularem. E de uso misto, ou seja, com residências, comércio e escritórios lado a lado, de modo que o deslocamento até o trabalho — e também até estabelecimentos como padaria, farmácia e outros — possa ser feito a pé.

04-Club House Lagos de São Gonçalo_foto Rafaela ValenteClub House, o coração do condomínio (Foto: Rafaela Valente)

Você pode argumentar que quem vive no centro de Pelotas tem tudo isso. A diferença é que estamos falando de um bairro planejado, que não se transformará de forma desordenada como o resto da cidade. E ele não oferece apenas a máxima qualidade construtiva, mas também manutenção, segurança e jardinagem garantidos, o que preservará a qualidade de vida e o urbanismo no local. Apesar de ser um bairro público, quem se encarrega disso tudo não é a prefeitura, mas a associação de moradores do bairro. "Quem compra um terreno, apartamento, sala comercial ou loja no Parque Una automaticamente vira sócio da Associação Parque Una Pelotas. Paga uma pequena mensalidade equivalente a apenas R$ 1 para cada metro quadrado da propriedade e, com isso, ajuda a financiar a manutenção do bairro e atividades de lazer, saúde, cultura e entretenimento", conta Fabiano de Marco.

Os primeiros apartamentos (do empreendimento ¡Hola!) do Parque Una serão entregues dentro do prazo, em dezembro, mas o bairro já virou ponto de encontro dos pelotenses há algum tempo, sinal evidente da qualidade na execução do urbanismo no local. Aproveitar o fim de semana ou fim de tarde para tomar chimarrão, apreciar o pôr do sol e tirar fotos no Parque Una é um programa comum entre os moradores da cidade.

EMPREENDIMENTOS

Reconhecimento nacional

O modelo de bairro planejado, aberto, de uso misto e mantido por uma associação de moradores não é revolucionário apenas em Pelotas, mas no Brasil como um todo. O Una foi reconhecido pela Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA), Câmara Americana de Comércio (AMCHAM) e Global Reporting Initiative (GRI), e os sócios da Idealiza já foram convidados a falar sobre o projeto em diversos eventos relacionados a planejamento urbano e construções. Além disso, foi selecionado para concorrer ao prêmio GRI Awards de melhor projeto de loteamento do Brasil em 2019.

11-sócios_foto Marcel StreicherFabiano de Marco, André Beiler, Ricardo Costa e Lucas Scapin, sócios da Idealiza (Foto: Marcel Streicher)

Torre de São Gonçalo: a nova revolução

A trajetória da Idealiza em Pelotas está completando uma década e, como você pôde perceber, essa jornada é repleta de iniciativas bem-sucedidas e reconhecimento dos mais diversos públicos. Mas tem mais pela frente. Para celebrar esse marco especial, a Idealiza Verticais apresenta o Torre de São Gonçalo, edifício que será o mais alto de Pelotas. Localizado no Parque Una, o empreendimento terá 28 andares e somente 26 apartamentos, proporcionando aos moradores ventilação cruzada e quatro exposições solares. "Os futuros moradores terão uma rara sensação de plenitude, com vistas incríveis para as margens do Arroio Pelotas, para o Canal São Gonçalo e até a Lagoa dos Patos", salienta Lucas Scapin, sócio da Idealiza Verticais.

As reservas estão abertas para quem quiser adquirir uma unidade neste que será um novo ponto geográfico em Pelotas. A equipe de venda é composta por 12 imobiliárias: Bagé, Casarão, Eduardo Lang, Exclusive, Fuhro Souto, G3, Luciano Cardoso, Pedro Trindade, Petry, Proper, Raphael e Up. Além de referência geográfica, o Torre de São Gonçalo será um novo modelo nas construções de alto padrão da cidade, com o maior repertório de diferenciais construtivos da região. "Será a menina dos olhos da construção civil de Pelotas. Nossa intenção foi criar um empreendimento residencial que representasse um legado para quem vier a adquiri-lo. Plenitude com longevidade, pois são imóveis que ficarão nas famílias por gerações", prevê André Beiler. Muito mais do que o prédio mais alto da cidade, é um projeto ao mesmo tempo contemporâneo e atemporal. Luxo com simplicidade, elegância e sobriedade, cheio de atributos exclusivos que o transformarão no grande marco imobiliário de Pelotas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados