Educação

UFPel lança Edital Auxílio Internet

Iniciativa da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis tem por objetivo auxiliar os estudantes no acesso às disciplinas

28 de Maio de 2020 - 15h41 Corrigir A + A -
O edital estará aberto até às 23h59min do dia 1º de junho (Foto: Reprodução)

O edital estará aberto até às 23h59min do dia 1º de junho (Foto: Reprodução)

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) iniciará no dia 22 de junho o seu Calendário Alternativo, com a realização de atividades de ensino na modalidade não presencial. De forma a diminuir barreiras para o acesso à internet nesse período, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) torna público um edital que tem por objetivo auxiliar os estudantes de graduação a acessarem as ferramentas necessárias para o acompanhamento das disciplinas que forem ofertadas no âmbito dos seus cursos. Acesse o edital aqui.

São duas as modalidades de auxílio emergencial: chip para celular (pacote de 5GB de dados) e Bolsa Auxílio Internet (R$ 20,00 – equivalente ao investimento no chip), cujo objetivo é ajudar no pagamento da mensalidade de internet banda larga residencial.

A PRAE estima investir aproximadamente R$ 600 mil até o final do ano com esse programa para atender cerca de 4 mil bolsistas de graduação.

O edital estará aberto até às 23h59min do dia 1º de junho. A informação quanto aos interessados em cada modalidade até esta data será fundamental para que a UFPel possa planejar a reserva de recursos para o pagamento das bolsas ou para dimensionar a compra dos chips. Estudantes que não conseguirem realizar a inscrição nesse prazo terão acesso a outros editais que serão publicados em seguida.

A PRAE destaca ainda que os cursos que ofertarem disciplinas obrigatórias dos seus currículos deverão, no semestre seguinte, ofertar novamente tais disciplinas. Portanto, não havendo o interesse do estudante em cursar tais disciplinas nesse momento, ou as dificuldades de acesso sejam fortes limitantes, a recuperação poderá ocorrer sem prejuízo aos demais componentes curriculares no semestre a seguir. Lembrando que, no atual momento da pandemia na cidade e região, a prioridade deve ser pela manutenção do isolamento social (ficar em casa) a quem for possível.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados