Reconhecimento

UFPel é a 40ª melhor universidade da América Latina

Universidade aparece em destaque e conquista sua melhor marca no The Latin America University Ranking, da Times Higher Education

07 de Julho de 2020 - 20h09 Corrigir A + A -
Desempenho frente ao Epicovid-19 pode melhorar ainda mais as posições da UFPel em rankings no futuro (Foto: Infocenter DP)

Desempenho frente ao Epicovid-19 pode melhorar ainda mais as posições da UFPel em rankings no futuro (Foto: Infocenter DP)

A Universidade Federal de Pelotas está entre as 40 melhores universidades da América Latina, segundo o ranking internacional britânico Times Higher Education (THE), divulgado nesta terça-feira (7), que compara universidades em todo o mundo. Entre os indicadores usados para a classificação, estão o ambiente de ensino, a internacionalização, a inovação, o número de pesquisas, o volume investido nos estudos e as citações.

A melhor do continente é a Pontificia Universidad Católica de Chile, que tomou o lugar da Universidade de São Paulo (USP). Do Rio Grande do Sul, além da UFRGS, em 13º, e da PUCRS, em 20º, aparecem na lista das cem melhores do continente a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), em 38°; a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em 40º; a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em 51°; e a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), em 88°.

>>> Saiba mais sobre o ranking e os resultados

A UFPel alcança a 40ª posição com média de 58,7 - com melhores desempenhos na área de citações 74,2 e pesquisa 65,6. O resultado é um reflexo da constante e crescente melhora dos Programas de Pós-Graduação da IES, em todos os campos do conhecimento, avalia o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da universidade, Flavio de Marco. "Muito provavelmente o destaque que a UFPel está tendo em relação à pesquisa durante a Pandemia de Covid-19 possa se refletir no indicador do cenário internacional e contribuir para a melhora ainda mais significativa do desempenho nos próximos anos", publicou Flavio no grupo da universidade no Facebook.

"Com certeza é um motivo de orgulho para a comunidade acadêmica e para a nossa região. Um belo presente para a cidade da qual a Universidade toma seu nome, no dia do aniversário de Pelotas", completou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados