Contaminação

UBS Santa Terezinha de portas fechadas

Um servidor foi contaminado pelo coronavírus e o prédio deverá passar por uma desinfecção

23 de Outubro de 2020 - 20h37 Corrigir A + A -
Prédio passará por desinfecção (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Prédio passará por desinfecção (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Mais uma vez, uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município precisou fechar as portas para evitar a disseminação da Covid-19, já que um dos funcionário foi contaminado. A UBS Santa Terezinha ficará sem atendimento por sete dias, devendo retornar as atividades no dia 29. Além de um servidor ter testado positivo para o novo vírus, outros apresentaram sintomas gripais.

 A representante da área da saúde no Sindicato dos Municipários de Pelotas (Simp), Cláudia Correia, explica que o fechamento da unidade é protocolo correto e o tema já foi discutido em diversas reuniões com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Já tivemos caso que um funcionário positivou e o fechamento do local não foi autorizado”, relembrou, fazendo referência à UBS Navegantes, que mesmo depois da mobilização dos servidores não houve a suspensão das atividades. Outro ponto destacado por ela é sobre a periodicidade dos testes, já que os servidores são testados apenas quando outro é contaminado ou se houve contato com alguém doente. “A quantidade de testes até aumentou, mas o problema é a demora do resultado”, apontou, contando que um exame PCR demora cerca de duas semanas para ficar pronto.

 O pedido de Cláudia é que os servidores da saúde precisam ser cada vez mais bem cuidados, pois como lidam diretamente com a doença acabam se transformando em vetores. “E muitos deles têm outro emprego e utilizam transporte público”, completou, preocupada. A representante também alerta sobre as flexibilizações sociais terem se tornado cada vez mais comum. “A pandemia não acabou”, disse. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Luiz Guilherme Belletti relatou que não recebeu nenhuma denúncia sobre a situação, sendo notificado direto pela SMS. Ele relembra que a UBS Sítio Floresta, Dom Pedro I e mais duas no interior do município já passaram pelo fechamento devido ao mesmo problema.

 A SMS informou que os pacientes atendidos na UBS Santa Terezinha e a população que faz parte do território devem procurar unidades mais próximas aos seus endereços. O prédio da UBS passará por uma desinfecção e as atividades serão retomadas assim que os funcionários retornarem ao trabalho. As UBS’s mais próximas são Py Crespo e Salgado Filho, além da UBAI Lindóia. Entretanto, o cidadão pode buscar atendimento em qualquer UBS.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados