Pavimentada recentemente

Trechos danificados da ERS-608 serão refeitos

Além de corrigir os serviços que serão realizados no local, foram anunciados novos investimentos para a rodovia

26 de Janeiro de 2022 - 18h41 Corrigir A + A -
Durante reunião, ficou definido que a empresa responsável pela obra irá refazer os trechos danificados (Foto: Divulgação/Prefeitura de Pedras Altas)

Durante reunião, ficou definido que a empresa responsável pela obra irá refazer os trechos danificados (Foto: Divulgação/Prefeitura de Pedras Altas)

Bebeto Perdomo (PP), diz que representantes do Daer reconheceram que o serviço não ficou como deveria. (Foto: Jô Folha)

Bebeto Perdomo (PP), diz que representantes do Daer reconheceram que o serviço não ficou como deveria. (Foto: Jô Folha)

Na última terça-feira, uma reunião em Porto Alegre discutiu os diversos problemas enfrentados na recém asfaltada ERS-608, na Zona Sul do Estado. No encontro entre representantes de Pedras Altas e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), foram definidos os próximos passos para resolver os danos - buracos e rachaduras - que já atingem a rodovia. Na ocasião, também foram anunciados novos investimentos para o local.

Em conversa com a reportagem do Diário Popular, o prefeito de Pedras Altas, Bebeto Perdomo (PP), contou que os representantes do Daer reconheceram que o serviço não ficou como deveria. Para resolver a situação, a empresa responsável pela execução da obra irá refazer os trechos danificados. Ao todo, são aproximadamente dois quilômetros com problemas. Após essa etapa, o diretor-geral Luciano Faustino se comprometeu que o Departamento colocará uma nova camada de asfalto em toda extensão dos 11 quilômetros que estão recebendo intervenções.

Segundo Perdomo, moradores e usuários da via, que é utilizada principalmente para o escoamento de soja e o transporte de madeira, aguardam pelas melhorias há cerca de duas décadas. "Vamos continuar cobrando e fiscalizando o processo de execução das obras", ressalta.

Quem acompanhou o prefeito na capital foi o presidente da Câmara de Vereadores do município, Arildo Madruga (PP), que avaliou como positivo o encontro. "Eles reconheceram que o trabalho não foi entregue como deveria e, assim como o prefeito, eu acredito que o problema será solucionado", comenta. Também participou do encontro, o diretor de Infraestrutura Rodoviária, Richard Polo, e o superintendente do Daer Pelotas, Jorge Oleques Junior.

Mais investimentos da ERS

Durante o encontro, os representantes do Daer também informaram que o governador Eduardo Leite (PSDB) destinou R$ 30 milhões ao orçamento do órgão, garantindo o asfaltamento dos 22 quilômetros que faltam para chegar até a cidade de Pinheiro Machado.

Perdomo explica que as intervenções podem ser divididas. Uma licitação será realizada para a pavimentação de dez quilômetros que ficam entre o Britador e a ponte do Passo dos Pires. Já para os 12 quilômetros restantes entre a ponte e Pinheiro Machado, a empresa que havia ficado na segunda colocação do processo licitatório realizado para as obras já executadas será chamada. Se aceitar a proposta, a expectativa é que as intervenções comecem até março. Caso contrário, uma nova licitação será aberta para os 22 quilômetros.

"Eu confio no governador Eduardo Leite, que tem um compromisso não só com o Estado, mas com a sua região, e pela questão histórica que o município de Pedras Altas representa no contexto da região. Acredito que teremos uma solução e a nossa ERS-608 asfaltada", finaliza.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados