Melhoria

Terminal Rodoviário de Pelotas é revitalizado

Espaços climatizados, com livros e TV, buscam tornar a rodoviária um local mais acolhedor para os usuários

12 de Dezembro de 2019 - 21h38 Corrigir A + A -
Sala de embarque é uma das novidades na Rodoviária (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Sala de embarque é uma das novidades na Rodoviária (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Funcionários da Eterpel atuam na pintura do segundo piso (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Funcionários da Eterpel atuam na pintura do segundo piso (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Inaugurado em 1982, o Terminal Rodoviário é referência na Região Sul. Passam pelo local cerca de 290 mil pessoas por mês. Por ser um cartão-postal, e a primeira impressão de Pelotas para quem vem de fora, sua boa manutenção influencia até mesmo no turismo da cidade. Montanelli explica que um dos diferenciais do terminal de Pelotas é o seu terreno, de quase dez hectares, com 8.340 m² de área construída.

Além de viajantes a lazer, muitos moradores de municípios vizinhos dependem do Terminal para chegar e partir de Pelotas, a fim de resolver as mais diversas questões. Esse é o caso de Eva Pinheiro, moradora de Piratini, que na última quarta-feira (11) veio até a cidade para realizar uma consulta médica.  

A nova sala de embarque do andar térreo, aberta ao público, conta com bancos, climatização, os principais jornais da região disponíveis para leitura, televisão, água filtrada e alguns livros da sala Embarque na Leitura, que fica no segundo piso, e disponibiliza livros de gêneros variados para empréstimo gratuito aos passageiros.  

O banheiro feminino passou por reforma recentemente e, ao lado dele, foi instalada uma sala de embarque, aberta, para quem prefere ficar mais próximo dos ônibus e fora do ar-condicionado, onde foram instalados bancos, tomadas para carga em celulares e/ou computadores e uma televisão. Estrutura semelhante será replicada ao lado do banheiro masculino.  

Acessibilidade

O térreo da rodoviária conta com piso tátil, voltado à pessoa com deficiência visual, e um novo guichê para compra de passagens – antes era preciso se deslocar até o segundo andar para encontrar os guichês -, aberto a qualquer usuário.   

Um intercomunicador no guichê térreo é o primeiro a ser instalado no local, buscando facilitar o momento de aquisição de passagens. A intenção é que o aparelho esteja presente em todas as cabines.  

Área externa

Enquanto na parte interna tenta-se criar uma cultura de se frequentar a rodoviária, na parte externa, com os lagos e a pracinha, essa ocupação já vem ocorrendo há alguns anos, principalmente aos finais de semana. 

A pracinha da Ilha da Rodoviária, durante a quinta-feira, foi revitalizada pela equipe de Serviços Urbanos e Infraestrutura, com pintura, manutenção e limpeza.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados