Redução

Tarifa do transporte rural mais barata

A tarifa até a parada mais longe do 4º distrito é de R$ 18,40. A partir do dia 1º de maio, o usuário economizará R$ 14,70 em cada deslocamento

13 de Abril de 2019 - 22h45 Corrigir A + A -

Asom Pelotas

A mudança do sistema de transporte de passageiros da área rural, a partir do dia 1º de maio, com unificação da tarifa em R$ 3,70, padronização da frota, controle da tabela de horários, bilhetagem eletrônica, GPS nos ônibus, manutenção e limpeza dos carros com assiduidade é assunto dominante nas rodas de conversa no interior. Há moradores que já fazem planos para utilizar o dinheiro que vai sobrar com a nova passagem e, outros, ainda não acreditam que a transformação está a caminho e mostram-se adeptos à doutrina de São Tomé: “É preciso ver para crer”.

Das dez linhas que atualmente servem ao interior do Município, cujos trajetos serão mantidos no novo sistema, a linha Wilson Müller/Graffiti é a que faz o percurso mais longo. São aproximadamente 70 quilômetros que separam o 4º distrito, Triunfo, do ponto central do transporte coletivo rural, à rua General Neto entre Marechal Deodoro e Barão de Santa Tecla. A prefeita Paula Mascarenhas se emociona quando fala desta conquista. "Talvez nada do que eu venha a fazer no governo, e ainda tem muita coisa boa pela frente, possa se comparar a esta transformação que vamos proporcionar na vida das pessoas que moram e trabalham na Colônia, com o preço justo da tarifa", afirmou.

Confira o cálculo da diferença

Nesta semana, interessados formaram fila na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Wilson Müller, para providenciar o cartão de passagem na bilhetagem eletrônica dos ônibus a partir do dia 1º. O agente de cadastro da empresa Santa Cruz, concessionária dos futuros serviços de transporte rural, Arthur Madruga, encarregou-se de cadastrar os moradores. Os cartões devem ser retirados na Central de Atendimento, à rua General Osório, 866. Quem não se cadastrou pode fazê-lo nesse endereço.

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados