Oportunidade

Sisu abre inscrições na próxima terça-feira

O sistema ficará aberto até o dia 10 e somente quem realizou o Enem 2019 terá acesso; cursos a distância serão ofertados pela primeira vez

30 de Junho de 2020 - 14h14 Corrigir A + A -
Pela primeira vez serão ofertados cursos na modalidade a distância (Foto: Divulgação - UFPel)

Pela primeira vez serão ofertados cursos na modalidade a distância (Foto: Divulgação - UFPel)

Para quem fez o Exame Nacional do Ensino do Médio (Enem) em 2019, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão ser feitas entre os dias 7 e 10 de julho. A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) oferecerá 876 vagas, distribuídas em 20 cursos presenciais e três na modalidade à distância. Mesmo com as incertezas causadas pela pandemia da Covid-19, a universidade garante que está estudando maneiras de garantir a qualidade e a segurança do acesso.

Conforme destacou a gestora da Coordenação de Registros Acadêmicos (CRA), Emileni Tessmer, a novidade da vez são os cursos oferecidos no formato EAD, que serão Matemática, Letras - Espanhol e Filosofia. “É a primeira vez que o Sisu permite esse tipo modalidade, então vamos ofertar para criar essa cultura”, disse. A maior dificuldade, prevista pela gestora, é o início do calendário acadêmico, já que a UFPel não terá como prever qual será o cenário para o segundo semestre letivo.

No momento, a universidade está oferecendo aos alunos um calendário alternativo, que tem vigência até setembro. Logo após, a intenção é retornar ao modo regular e só depois iniciar o segundo semestre do ano. Ainda não há uma data certa para a recepção dos novos calouros, já que não existe a certeza de quando os primeiros seis meses letivos serão finalizados. “Mas estamos garantindo o acesso deles, tanto dos aprovados pelo Programa de Avaliação da Vida Escolar (Pave) como dos que serão pelo Sisu”, afirmou Emileni.

Outro ponto destacado por ela é que a UFPel organizou comissões que estão avaliando e discutindo possibilidades de retorno, que não ocorrerá antes de 31 de julho. “A garantia é que estamos tomando todas as precauções para que haja segurança”, frisou. Sobre as datas, a gestora explica que as definidas pelo Ministério da Educação (MEC) precisam ser cumpridas. Essas são as das inscrições, o resultado e as matrículas da chamada regular. Os aprovados não precisarão se deslocar até a universidade para matricular-se, pois ela não será presencial. “Ainda estamos estudando a melhor forma, mas será divulgada junto com o edital, no dia 7”, informou. Como o clima ainda é de incerteza, os dias das chamadas orais não foram definidos.

Calendário segue suspenso

Nesta segunda-feira a UFPel publicou uma portaria prorrogando a suspensão das atividades acadêmicas e do Calendário Acadêmico 2020 até 31 de julho. Também foi prorrogada, até a mesma data, a realização das atividades administrativas por meio de trabalho remoto. A medida não afeta as atividades acadêmicas remotas do Calendário Alternativo, que começaram no último dia 22 de junho.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados